Ouça: Vereador e auxiliar de Cartaxo brigam na rádio por conta de ‘calote’ da PMJP

0

O vereador Chico do Sindicato (PTdoB) oficializou na manhã desta sexta-feira (01), durante café da manhã realizado ano Hotel Verde Green, na orla da Capital, seu apoio a pré-candidata Cida Ramos (PSB) e sua saída da base de sustentação política do prefeito Luciano Cartaxo (PSD). Chico do Sindicato explicou os motivos por ter saído do lado de Cartaxo e uma de suas justificativas é a falta de compromisso do prefeito, em realizar o pagamento dos contrato de fornecedores que prestam serviços terceirizados a Prefeitura Municipal e João pessoa (PMJP).

Chico afirmou que algumas empresas já entraram na Justiça para conseguir o pagamento dos serviços prestados a PMJP, mas, nem todas obtiveram exito. A justificativa da Prefeitura para não efetuar o pagamento, de acordo com o vereador, é a falta de dinheiro. Segundo informações de Chico, uma das empresas demitiu mais de 120 funcionários por não ter como efetuar o pagamento dos seus salários, por conta do não comprimento do contrato por parte da PMJP.

“Eu pedi na justiça o bloqueio de três empresas que prestam serviços a prefeitura. A Adelin, Ageclen, que ainda está na justiça, mas acredito que já terminaram de pagar  e a Gadi também está na justiça. A empresa Kairós demitiu 120 trabalhadores e, realmente, como a prefeitura deve mais de R$ 7 milhões a empresa, ela não tem condições de pagar aos trabalhadores. A Adelin está na justiça,  pedimos o bloqueio de R$1,5 milhão, mas até agora só chegou  R$ 900 mil e até o momento eles não encaminharam o resto do valor  que falta para a justiça e a justificativa é que a Prefeitura não tem dinheiro pra pagar”, relatou.

O vereador também divulgou a mesma denúncia no programa Rádio Verdade, da Arapuan Fm, e foi muito mais além: disse que se a PMJP provasse o contrário, renunciaria o seu mandato.

Ouça: 

Poucos minutos depois, o chefe de gabinete do prefeito, Hildevânio Macedo, também participou da entrevista para rebater as acusações do vereador. Afirmou que Chico estaria mentindo. “Isso não procede. O vereador está faltando com a verdade. O que existe é um mandado judicial para que a prefeitura se abstenha em relação ao contrato da Secretaria da Saúde”, defendeu.

Hildevânio ainda argumentou que as acusações de Chico do Sindicato acontecem porque o parlamentar busca justificar a sua mudança de posicionamento político, que “até ontem estava na bancada de sustentação do prefeito Luciano Cartaxo”.

Enquanto o secretário ainda tentava se explicar, Chico entra novamente no ar para contestá-lo e propõe um debate face a face para que se comprove quem está mentindo.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here