OUÇA: Ricardo comenta crise no CE e alerta agentes penitenciários da PB: ‘eu não brinco’

2
OUÇA: Ricardo comenta crise no CE e alerta agentes penitenciários da PB: ‘eu não brinco’
No Ceará, greve de agentes causou 18 mortes

O governador Ricardo Coutinho (PSB) comentou, em entrevista à Rádio Tabajara, a recente crise no sistema prisional do Ceará, que ocasionou, pelo menos, a morte de 18 detentos e diversas rebeliões nos presídios do Estado, durante a greve dos agentes penitenciários cearenses.

Questionado sobre a possibilidade de acontecer na Paraíba um movimento grevista semelhante ao que ocorreu no Ceará, Ricardo foi taxativo: “esse setor aí não dar para brincar e eu não brinco!”

Ele ressaltou que, em certas situações, o Estado não pode abrir mão de sua autoridade. “Todo mundo sabe como eu sou em determinadas coisas. Nesse tipo de questão, eu não posso, naturalmente, ter qualquer grau de irresponsabilidade. Eu não posso admitir qualquer grau de irresponsabilidade”, observou o governador.

“Jamais admitirei qualquer tipo de processo que possa colocar em risco a segurança dos apenados… e ao mesmo tempo a segurança do próprio sistema. Não há possibilidade do Governo (da Paraíba) aceitar isso”, acrescentou Ricardo.

Ouça trecho da entrevista concedida por RC:

Demissão em massa

Ao comentar a crise no sistema penitenciário cearense, o ex-governador Ciro Gomes (PDT) afirmou que, se estivesse no cargo do governador Camilo Santana (PT), demitiria todos os agentes envolvidos na greve. Ele ainda apontou os agentes como culpados e disparou: “processaria todos por homicídio”.

Saiba mais

Durante a greve dos agentes penitenciários dos Ceará, presos invadiram alas e mataram outros detentos. Além dos assassinatos, os detentos também quebraram celas, armários, grades, cadeiras e queimaram colchões.

Segundo a Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará, a motivação dos conflitos foi a suspensão das visitas nas unidades prisionais. A Força Nacional de Segurança foi acionada para atuar nos presídios da Região Metropolitana de Fortaleza.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: redacao@paraibaja.com.br

2 COMENTÁRIOS

  1. Site vendido mesmo, Luís torres mandou aí o pessoal fez na hora e do jeito é ele mandou. Tem nem credibilidade. Agora dizer q os governadores baixaram as calças q os agentes são inxiridos, mostra a prepotência do governador Ricardo Coutinho com o funcionário público.

  2. Vale Salientar que este site é de propriedade de Fábio Bernardo. O mesmo é assessor de imprensa da Cagepa, atual genro de Ronaldo Barbosa, que por sua vez é presidente da Executiva Municipal do PSB na Capital. Então não poderia ser diferente o uso exclusivo deste portal de noticias para bater nos servidores do Estado e com ameaças.
    Agora a gente não vê este mesmo Portal noticiar o NEPOTISMO de Luis Torres e de sua esposa praticado na gestão do mago.
    Como falo a verdade é bem capaz que o portal venha censurar o meu comentário, talvez amordaçar ou entesourar-me.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here