Maranhão nega entrega de cargos a RC e diz que respeita candidatura do PSB em CG

0

O senador e presidente do PMDB na Paraíba José Maranhão, em entrevista ao Paraíba Já, na tarde deste sábado (20), negou que teria declarado que entregaria cargos da legenda na gestão do governador Ricardo Coutinho (PSB) e que também teria dito que o anúncio da pré-candidatura do deputado estadual Adriano Galdino (PSB) seja algum tipo de retaliação ao PMDB com relação à postura do partido em João Pessoa e outras cidades estratégicas no Estado.

Em entrevista exclusiva ao Paraíba Já, Maranhão também comentou as declarações de Ricardo, proferidas no Encontro Estadual de Pré-candidatos do PSB, que aconteceu na manhã de hoje, de que “tem partido por aí que se acha grande demais”.

“Também não dei declaração nesse sentido (de rompimento). Está tudo normal. Não é obrigatório ninguém fazer aliança. De minha parte, minha opinião continua sendo a mesma. Os partidos são livres para homologar as alianças que são feitas a nível municipal. Isso eu já expliquei isso um milhão de vezes. Eu acho que essa visão de Ricardo e Rosas é equivocada. Eu estou fora do governo. Quem é governador é Ricardo Coutinho. Então eu não posso aspirar em ser dono da Paraíba. Aliás, a Paraíba não tem dono. O dono da Paraíba é o povo”, esclareceu.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here