Jeová Campos: “Ou o povo se mobiliza ou sofrerá com o Congresso perverso”

0

“Desde o começo deste processo de retrocesso que passa o Brasil, que manteve Eduardo Cunha na presidência da Câmara, sob a conivência do STF, para conduzir a destituição de uma presidente legítima e sem crime, que tem um Congresso que aprova medidas que lesam os brasileiros mais pobres, a exemplo da PEC 241 e que está na iminência de aprovar uma reforma da previdência que vai prejudicar os mais humildes, que mantém na presidência do Senado um político que responde a diversos processos e que já se tornou réu em um deles, eu tenho dito que é preciso que a população se mobilize, que os sindicatos acordem, que as entidades de classe atuem na defesa da sociedade, do contrário a imensa maioria dos brasileiros vai pagar um preço muito alto por tudo isso”, afirma o deputado estadual Jeová Campos (PSB).

Para o parlamentar, somente a mobilização popular terá forças para barrar mais um absurdo proposto pelo governo Temer. “Da forma como está, a proposta da reforma da previdência só vai privilegiar os banqueiros e prejudicar os mais pobres, os agricultores, as mulheres, penalizar os idosos, os pensionistas. Se não houver uma reação popular, as mudanças serão aprovadas”, acredita Jeová.

A perplexidade que se abateu sobre a sociedade brasileira diante de tantos desmandos, segundo o parlamentar, precisa se transformar em reação. “Não é possível que vamos apenas continuar assistindo esse Congresso mudar o rumo de nossa história, de nossas vidas, de forma irresponsável e descarada como estão fazendo. É preciso reagir, mostrar indignação, mostrar a nossa força e lembrar aos deputados federais e senadores que eles foram eleitos para defender a sociedade e não seus próprios interesses”, finaliza o parlamentar.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here