Operação apreende 120 computadores em autoescolas de JP e Campina

    0

    A corregedoria do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), em conjunto com o Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil, desencadeou nesta quarta-feira (24) a Operação Instrução Real. O objetivo foi apreender materiais que serviam para forjar informações oficiais em Centros de Formação de Condutores (autoescolas) de João Pessoa e de Campina Grande. De posse de mandados de busca e apreensão, os policiais recolheram 120 computadores, entre desktops e notebooks, em oito estabelecimentos: quatro na Capital e quatro em Campina Grande.

    De acordo com o delegado Tiago Sandes, titular do GOE, as investigações começaram via corregedoria do Detran – PB, que ao ter subsídios sobre as fraudes ocorridas no sistema de biometria de algumas autoescolas, acionou a Polícia Civil para dar cumprimento aos mandados de busca e apreensão nos oito estabelecimentos, recolhendo materiais que possam servir para a investigação como um todo.

    A autoridade policial disse ainda que a corregedoria do Detran recebeu denúncias de alunos informando que os instrutores que deveriam estar dando aulas em João Pessoa, conforme foi acertado com o Centro de Formação, no dia da aula prática, estavam em outra cidade, mas eram registrados como se estivessem na Capital.

    O procedimento será receber os laudos da perícia, para só depois identificar se houve de fato irregularidades na carga horária e nas supostas aulas fictícias dadas por instrutores. Caso sejam comprovadas as fraudes, os responsáveis serão acusados dos crimes de estelionato e adição de informação falsa em sistema oficial.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]