Operação 7º Mandamento prende mais três pessoas no Litoral Norte da PB

    0

    A Polícia Civil, por meio da 7ª Delegacia Seccional, com sede em Mamanguape, prendeu nessa terça-feira (10) mais três alvos da Operação 7º Mandamento. Josimar Ferreira Padilha Neto, conhecido como Neto Padilha, 18 anos; Gutiérrez Lima Martins, conhecido como Guto, 23 anos e Davyson Fidelis Alves, 19, estavam com mandado de prisão preventiva em aberto. Eles conseguiram escapar do cerco policial que desarticulou no dia 5 de fevereiro um grupo responsável por vários roubos no Litoral Norte da Paraíba.

    Os três presos foram interrogados e encaminhados para a Cadeia Pública de Rio Tinto. Todos são apontados como autores de um roubo. Na sexta-feira (6), a polícia também cumpriu mandado contra Paulo César Teixeira da Silva, 26, que residia em Montanhas (RN), e era acusado de roubar uma farmácia na cidade de Mataraca, Litoral Norte.

    Com a prisão dos três sobe para 12 o número de mandados cumpridos. Agora as investigações estão concentradas na busca dos últimos alvos, dois adolescentes. “A operação ainda não acabou, mas esperamos encerrar em breve porque a polícia já está muito perto de localizar os dois menores. A população pode ter certeza que nós vamos continuar trabalhando e outras ações da Polícia Civil serão realizadas no Vale do Mamanguape, todas com foco no enfrentamento aos crimes contra o patrimônio”, frisou o delegado seccional da 7ª Área Integrada de Segurança Pública, Steferson Nogueira.

    Operação 7º Mandamento – O nome da Operação é uma referência ao texto bíblico ‘não roubarás’. A ação que resultou na prisão de sete pessoas e na apreensão de um adolescente no dia 5 de fevereiro foi coordenada pela Polícia Civil, por meio da 7ª Delegacia Seccional, com sede em Mamanguape, e teve o apoio da Polícia Militar.

    Ao todo, 70 policiais cumpriram mandados de prisão temporária nas cidades de Mataraca, Baía da Traição e ainda no distrito de Pitanga da Estrada. Todos os integrantes do grupo estão sendo investigados por roubo qualificado contra estabelecimentos comerciais na região, incluindo postos de combustíveis, e ainda invasão e roubos de residências. Com eles foram apreendidos uma espingarda calibre 36, uma pequena quantidade de droga (maconha) e um relógio.

    Um dos presos também está sendo investigado por envolvimento em um homicídio ocorrido no estado de Santa Catarina, Sul do país. Integrantes do grupo também podem ter participação em roubos que aconteceram no Rio Grande do Norte.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here