Ópera Carmina Burana abre II Festival de Música Clássica em João Pessoa

    0

    Com dois corais, somando 100 vozes, e solistas de renome, vai ser dada a largada para o II Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa. O concerto, aberto ao público, será no domingo (30), às 18h, na Praça do Povo do Espaço Cultural José Lins do Rêgo. Serão sete dias de 22 concertos e recitais e 16 masterclasses com mestres; tudo gratuito, numa realização da Prefeitura Municipal de João Pessoa, com patrocínio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

    O maestro e diretor artístico do festival, Laércio Sinhorelli Diniz, regerá a Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa, que apresenta, junto do Coro Em Canto e do Coral Vozes da Infância, um dos grandes hits da música clássica: a ópera Carmina Burana, do compositor alemão Carl Orff.

    A nova orquestra (antiga Orquestra de Câmara da Cidade de João Pessoa) estreou a atual formação há um ano, sob a batuta de Diniz, que abriu a primeira edição do festival. Laércio Diniz começou regendo a Orquestra de Câmara Bachiana, em um concerto no Carnegie Hall, em Nova York, em 2008. Um ano depois, voltava a Big Apple regendo o pianista David Brubeck no Lincoln Center.

    Maestro e diretor artístico da Orquestra Filarmônica do Brasil (Fibra) e da orquestra de época Engenho Barroco, em 2012, gravou com a Sinfônica da Lituânia o CD “Saudades do Brasil”, com obras, entre outras, de Villa-Lobos e Darius Milhaud. Em 2013, assumiu a regência e direção artística da recém-criada Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa e do Festival Internacional de Musica Clássica de João Pessoa. Em 2014, gravou com a Filarmônica do Noroeste Alemão e a pianista Anna Fedorova o concerto de Rachmaninoff Nº 2 pelo selo europeu Piano Classics.

    Sobre o programa – O nome Carmina Burana significa em latim “Canções do mosteiro Benediktbeuern”. Em 1935, Orff fez uma seleção dentre os mais de 300 textos escritos na Idade Média encontrados num mosteiro da Baviera, escolhendo 22 poemas que remontam ao século XIII e costurando um tipo de enredo, transformando-o em uma cantata cênica. Embora não apresente uma trama muito precisa, é emoldurada por um símbolo da Antiguidade, a roda da fortuna, que eternamente girando traz boa e má sorte. É uma parábola da vida humana exposta à constante mudança.

    Muitas destas poesias foram também musicadas na época, mas como a escrita musical era precária, o que realmente restou foi uma linha melódica de canto. Carl Orff a utiliza, compondo todo o restante da peça com um “jeito medieval”.

    A composição de Orff rapidamente se tornou popular, e o movimento de abertura e de fecho tem sido utilizados em filmes e eventos, se tornando a peça clássica mais ouvida desde que foi gravada.

    Coro Em Canto – Vinculado ao Centro de Humanidades da Universidade Federal de Campina Grande, o Coro Em Canto atua como um coro-escola. A cada ano, seleciona novos cantores pela comunidade acadêmica, que inclui não só alunos e professores, mas também funcionários, profissionais liberais e outros que se relacionam com a unidade.

    Desde 1995, é dirigido por Lemuel Guerra. São 65 cantores que alternam programas clássicos, como o “Réquiem” de Mozart; a “Nona” de Beethoven; “Glória” de Vivaldi; “A Missa de Coroação” de Mozart e a “Missa a Buenos Aires” de Martin Palmieri.

    “A atividade do cantar em coro parte da premissa de que todos podem cantar e que os ensaios devem contribuir também para a sensibilidade e expressão artística, reforçando ainda o caráter de grupo”, defende Guerra.

    Os solistas – Wladimyr Carvalho tem em “Carmina Burana” uma de suas especialidades. Já a encenou como solista numerosas vezes, inclusive para TV. O baixo barítono é coralista e solista junto aos Corais de Câmera e Lírico Sinfônico da Orquestra Sinfônica e da Sinfonietta de Ribeirão Preto. É nessa cidade paulista que desenvolve carreira. Foi solista da Nona Sinfonia de Beethoven, “Oratório de Natal”, “Magnificat”, “Cantata 142”, “Cantata 56”, “Cantata 82”, “Cantata 147”, “Paixão Segundo São João” e “Paixão Segundo São Mateus”, de Bach, “O Messias”, de Haendel, “Missa de Réquiem”, de Mozart, “Missa em Sol Maior”, de Schubert, “Missa Brevis em Dó Maior”, de Gounod, “Stabat Mater”, de Dvorak, e “Missa de Glória”, de Puccini, sendo esta a sua primeira execução no Brasil.

    Gabriella Pace, soprano, sagrou-se vencedora do Prêmio Carlos Gomes pela participação na ópera “A Menina das Nuvens”. Fez Tytania em “Sonho de uma Noite de Verão” (Britten), Ilia em “Idomeneo”, Eurídice em “Orfeu e Eurídice”, Giulietta em “I Capuleti e I Montecchi”, Pamina em “A Flauta Mágica” e Adina em “O Elixir do Amor”. Tem discos gravados com o Quarteto Raga, com a Osesp e com a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais.Ópera Carmina Burana abre II Festival de Música Clássica em João Pessoa

    O contratenor Paulo Mestre já se apresentou na França, Alemanha, Portugal, Israel, Costa Rica, Uruguai, Argentina, Canadá e EUA. Participou de gravações com a Camerata Antiqua de Curitiba, com o grupo Calíope do Rio de Janeiro, com o Festival de Juiz de Fora, com Roberto de Regina e, recentemente, com o Coral e Percussão da Osesp. Cantou como protagonista o “Orfeu” de Gluck em Mendoza, fez Ptolomeu na Ópera ”Júlio César”, de Haendel, e “O pescador e sua alma” de Marcos Lucas.

    Serviço:

    30 de novembro, domingo, 18h
    Abertura do II Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa
    Local: Praça do Povo do Espaço Cultural José Lins do Rêgo

    Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa (OSMJP)
    Regência: Laércio Diniz

    Coro Em Canto – UFCG (Universidade Federal de Campina Grande)
    Maestro preparador do coro: Lemuel Guerra

    Coral Vozes da Infância
    Maestrina preparadora: Regina Kinjo

    Solistas:

    Barítono: Wladimyr Carvalho
    Soprano: Gabriella Pace
    Tenor: Paulo Mestre

    Programa:
    Carl Orff: Carmina Burana

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here