“O Desconcerto das Coisas”, de Edônio Alves, será lançado nesta terça-feira na Capital

    0

    Nesta terça-feira (13), a partir das 18h, a Usina Cultural Energisa (Café da Usina), receberá o lançamento do novo livro do poeta, jornalista e professor da UFPB, Edônio Alves Nascimento, “O Desconcerto das Coisas mais Poemas Minimais”, reunindo amigos e autores em torno de sua poesia.

    Este é o terceiro livro de poemas de Edônio Alves Nascimento, dando continuidade a uma carreira poética que já havia registrado duas publicações anteriores: “Essa doce alquimia” (1992) e “Os amantes de Orfeu & Poemas de rima interior” (1999). Em “O Desconcerto das coisas mais poemas minimais”, Edônio expõe uma poesia de ideias acima de tudo, uma discussão sobre os principais temas da existência. O também poeta, professor e crítico literário Hidelberto Barbosa Filho declarou sobre seus livros: “Em seus poemas, Edônio Alves está atento, sobretudo, às instâncias do lirismo amoroso, uma das vigas centrais da sua poesia ao lado do discurso metalinguístico, das solicitações do cotidiano e das angústias existenciais e metafísicas. E é esta a vertente que predomina no “Desconcerto das coisas”.” A publicação traz ainda os dois livros anteriores do autor, reunindo assim sua obra completa, que ele mesmo denominou de “Poesia até aqui”. Dessa maneira, aqueles que adquirirem o livro, poderão ter uma visão geral de sua trajetória poética. Aliás, o próprio Edônio nos diz que “a vida não está aí para ser poetizada. A poesia sim, é que está aí para ser vivida”.

    Edônio é natural de Solânea (PB), vive em João Pessoa desde 1980. É Jornalista formado pela UFPB, ficcionista e pesquisador com Doutorado pela UFRN. É também professor do curso de Comunicação Social da UFPB. Além dos livros de poesia “Essa doce alquimia” (1992) e “Os amantes de Orfeu & Poemas de rima interior” (1999), publicou “A ferrugem e o mármore: 5 contos quase-reais” (contos), “As ligações perigosas: relações entre literatura e jornalismo na década de 70 no Brasil” (ensaio crítico) e “A esfera como metáfora: representações do futebol no campo da literatura” (2015).

     

     

     

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here