‘Nova política’ de Berg beneficia com mais de R$ 5 mil filhas de vereadora em Bayeux

0

Aquele velho ditado ‘Família unida, permanece unida’ vem se aplicando bem na Prefeitura de Bayeux, pois, as duas filhas da vereadora França (Podemos) estão na folha de pagamento de pessoal da prefeitura.

Dayse de Souza Pontes, está na Secretaria de Desenvolvimento Industrial e Turismo, recebendo R$2.800,00  e Denize de Souza Pontes presta serviço à Secretaria da Mulher, mensalmente recebe R$2.800,00.

Juntas as irmãs custam aos cofres da prefeitura um total de R$ 5,6 mil. Todas as informações foram encontrada no Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (SAGRES), do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE PB).

'Nova política' de Berg beneficia com mais de R$ 5 mil filhas de vereadora em Bayeux

Prefeito prometeu, mas não cumpriu

O prefeito de Bayeux, Berg Lima (Podemos), logo após eleito, ao se deparar com a situação financeira que se encontrava a cidade declarou que uma de suas primeiras ações, após tomar posse, seria congelar seu próprio salário.

Porém, como muitas de suas promessas, essa também não foi cumprida e Berg fez o contrário. Em dezembro de 2016 o salário do prefeito de Bayeux era R$ 16 mil, em março chega a um pouco mais de R$ 20 mil, um aumento de 25%.

Outra promessa seria enxugar a folha de pessoal, que também não foi cumprida e mais uma vez o prefeito foi na contra mão das suas promessas e inchou a folha de pagamento em quase R$ 2 milhões entre janeiro e março deste ano, o que lhe rendeu uma denúncia ao Ministério Público para explicar o motivo de tantas contratações.

Indo na linha oposta de suas promessas, nos primeiros dias de sua gestão, Berg resolveu fechar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, deixando a população sem atendimento médico por alguns dias e essa ação não estava no seu plano de governo, apresentado a população com a promessa de renovação.

Em entrevista, logo após ser eleito, Berg reafirmou suas promessas de campanha e declarou “A partir do dia 3, logo após as eleições, meu partido é a cidade de Bayeux”, talvez, assim como sua mudança do PTN para o Podemos, ele também tenha mudado em relação ao seu partido com a cidade.

E até a população da cidade parece não assimilar direito a controversa gestão de Berg. O prefeito foi vaiado neste final de semana ao fazer um discurso durante a abertura de um festival de quadrilhas juninas em Bayeux.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here