Nordeste tem o maior percentual de empreendedores do país

    0

    Dentre as cinco regiões brasileiras, o Nordeste é a mais empreendedora do país. A taxa total de empreendedores (inicias e estabelecidos), entre a população de 18 a 64 anos, na região, no ano de 2014, foi de 36,4%, índice superior à média brasileira (34,5%). Ou seja, mais de um terço da população nordestina desta faixa etária possui uma empresa ou está envolvida com a criação de um negócio próprio. Além disso, ter o seu próprio negócio é o segundo maior sonho dos nordestinos, perdendo apenas para o desejo de comprar a casa própria.

    Esses dados fazem parte da nova pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), divulgada no início desta semana, e que apontam que o Brasil atingiu o seu maior índice de empreendedorismo de todos os tempos. A pesquisa mostrou também, que os brasileiros e os nordestinos estão motivados a iniciar um negócio por ser uma boa oportunidade e não pela necessidade.

    A pesquisa GEM ainda revelou que a capacidade empreendedora e o clima econômico do Nordeste são fatores favoráveis para se abrir uma empresa na região. “A alta taxa de empreendedorismo no Brasil e no Nordeste mostra que as pessoas veem na criação do próprio negócio uma oportunidade de mudar de vida. Nunca houve tantas possibilidades de acesso à informação sobre empreendedorismo e estímulo à capacitação”, destacou o superintendente do Sebrae Paraíba, Walter Aguiar. Em 2014, o Sebrae Paraíba realizou mais de 24 mil atendimentos a pequenos negócios.

    Ele aponta também como fatores favoráveis ao empreendedorismo, a criação do Simples Nacional e da categoria empresarial Microempreendedor Individual (MEI). “Tivemos um incremento no número de formalizações de negócios, nos últimos anos, com melhorias no ambiente legal”, completou Walter. Na Paraíba, por exemplo, o número de MEI já ultrapassou os 67 mil e representa mais da metade da quantidade de pequenos negócios no Estado.

    A taxa de empreendedorismo do país passou de 23%, em 2004, para 34,5%, em 2014. Nesta última pesquisa, a região Nordeste ocupa o primeiro lugar do ranking, com uma taxa de 36,4%, seguida das regiões Sul (35,1%), Sudeste (33,6%), Centro-oeste (33%) e Norte (32,6%).

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here