No Facebook, Dilma diz que crise é temporária e que não vai abadonar programas sociais

    0

    A presidenta Dilma Rousseff (PT) continua usando todas as oportunidades que tem para conclamar apoio popular ao seu governo. Em um post no Facebook nesta segunda-feira (10), Dilma pediu que as pessoas não fiquem ‘inseguras, nem apreensivas’, e disse que a crise política e econômica que o Brasil atravessa é temporária. Ela ainda garantiu que não haverá cortes nos principais programas sociais de sua gestão, como o Minha Casa, Minha Vida e o Mais Médicos.

    “Nós não vamos deixar de garantir que haja acesso das pessoas mais pobres ao Prouni, ao Fies, e nós não vamos recuar do Bolsa Família. Mas nós também precisamos entender que é necessário um grande esforço do governo. Trabalho dia e noite, incansavelmente, para que essa travessia seja a mais breve possível”, disse a presidenta, no Facebook.

    Em uma clara crítica a oposição, Dilma disse que as pessoas precisam pensar primeiro no país, e depois em partidos e interesses pessoais, e comparou a crise com uma família em dificuldades, onde ‘ficar brigando um com o outro não resolve a situação’.

     

    Confira o texto completo postado por Dilma:

    Não fiquem inseguros, nem apreensivos. Esta é uma situação temporária de dificuldades. Ela vai passar, e vai passar rápido. Nós, mesmo diante dessa travessia, não abandonaremos os programas sociais – o Minha Casa, Minha Vida, o Mais Médicos.

    Nós não vamos deixar de garantir que haja acesso das pessoas mais pobres ao Prouni, ao Fies, e nós não vamos recuar do Bolsa Família. Mas nós também precisamos entender que é necessário um grande esforço do governo. Trabalho dia e noite, incansavelmente, para que essa travessia seja a mais breve possível.

    O Brasil precisa, mais do que nunca, que as pessoas pensem primeiro nele, pensem no que serve à Nação, à população brasileira, e só depois pensem em seus partidos e em seus projetos pessoais.

    O Brasil precisa de estabilidade para fazer essa travessia. É como dentro de uma família, quando há dificuldade não adianta um ficar brigando com o outro porque não resolve essa situação. É necessário que as medidas que sejam urgentes sejam tomadas.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here