Natação começa Jogos Escolares na PB com a quebra de cinco recordes

0

Eles chegaram quebrando quase tudo! Cinco provas da natação dos Escolares da Juventude, etapa 12 a 14 anos, realizado em João Pessoa, tiveram seus recordes quebrados apenas no primeiro dia de competição, que aconteceu na quarta-feira, dia 21, na Vila Olímpica Parahyba. Os resultaram levaram treinadores a chorarem de alegria e aos jovens atletas a sonharem, mais confiantes, com um possível futuro olímpico.

A cada braçada, os competidores foram baixando o tempo dos 50 metros livre masculino (Artur Micael Souza, Escola Santa Catarina-RS); 100 metros costas feminino (Fernanda Gomes, La Salle Asa Sul-DF); 400 metros livre (Ana Paula Behr, Colégio Anchietas-RS); 50 metros borboleta feminino (Thaciane Garcia, Escola Amorim Tatuapé-SP); e, por fim, as atletas do revezamento 4×50 metros livre feminino do Espírito Santo, alçaram um novo recorde. Outras seis provas também foram realizadas neste mesmo dia.

Entre os novos recordistas, o gaúcho Arthur Souza, se destacou por vencer os 50m livre com a marca de 24s98 e bater o recorde do atletata Eduardo Martiniano (25s14) e, em seguida, conquistar com sua equipe mais um ouro, desta vez no revezamento 4x50m livre. Arthur que começou a nadar com oito anos de idade disse que apoio da família o acompanhando em todas as competições fez e sempre fará toda a diferença no resultado final.

Família também foi um diferencial para a nova dona do novo recorde 100m costas feminino, Fernanda Gomes Celidônio. Os pais dela são nadadores e já praticavam o esporte desde o início de sua infância.

– Desde muito pequena eu lembro que os acompanho nas competições. Agora família toda treina junto – relatou.
Além dos atletas, as quebras de recordes emocionaram os treinadores. Airon Andrade, que comandou o time do Espírito Santo no revezamento 4×50 metros livres feminino, mal conseguia falar em meio às lágrimas.

– Era possível, mas sabíamos que era muito difícil. Chegar aqui e desbancar as grandes favoritas, com direitos a recorde nos Jogos Escolares, não tem preço -, contou ele.

As medalhas das dez provas foram entregues pelo nadador Matheus Santana, que brilhou nas edições 2012 e 2013 dos Jogos Escolares da Juventude em Cuiabá e Belém, respectivamente.

Informações do G1.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here