MST realiza protesto nesta segunda-feira e interdita trechos da BR 101, em Caaporã

    0

    Um protesto do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) está interrompendo o trânsito na manhã desta segunda-feira (28) na BR-101, em Caaporã, litoral sul da Paraíba. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, o bloqueio acontece no km 123, próximo ao rio Dois Rios, e acontece nos dois sentidos (Recife-João Pessoa e João Pessoa-Recife). O trânsito está parado desde as 6h.

    Ainda de acordo com a PRF, quem precisa ir na direção de Recife, pode desviar por Pedras de Fogo, na Paraíba, seguindo até Itambé, já em Pernambuco, de onde consegue seguir o caminho normal. Outra alternativa é utilizar as rodovias estaduais passando pelo Conde, Pitimbu e Caaporã, saindo depois do bloqueio.

    Durante o protesto, os manifestantes estão distribuindo alimentos na rodovia. De acordo com uma representante do movimento, Maika Zampier, o protesto promovido por 30 famílias acampadas há 11 anos no Acampamento Ouro Verde, localizado em Caaporã, que estariam sendo despejados do local. A área, segundo Maika, tem 75 hectares de terra plantada, produzindo 6,6 toneladas de alimentos. “[As famílias] fizeram do antigo engenho abandonado um referencial de diversidade, um manancial produtivo de alimento”, diz Maika.

    Ainda segundo Maika Zampier, os integrantes do MST só vão liberar as vias da rodovia federal após uma audiência com a Juíza de Caaporã, a Secretária de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh) Cida Ramos e com o Deputado Estadual Frei Anastácio “Estamos tentando fazer um contato. A reunião pode acontecer onde eles marcarem”, explicou.

    Segundo Frei Anastácio, até as 9h30 ele não tinha recebido nenhuma informação sobre o pedido de reunião. “Ninguém entrou em contato. Eu estou até mesmo em outra reunião em João Pessoa”, disse ele. O G1 tentou falar com a Secretária de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh) Cida Ramos, mas as ligações não foram atendidas.

    A Juíza da comarca de Caapoã Daniere Ferreira de Souza disse às 10h20 que também não tinha sido informada sobre esse pedido de audiência.”Nem estou sabendo o motivo desse protesto. Nenhum representante do MST me procurou até o momento. Qualquer coisa, eu estou aqui no Fórum”, disse. As informações são do G1.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here