Mostra coletiva reune artistas paraibanos em torno da exposição Conexões

    0

    Uma juventude que pulsa tanto na inquietação da idade quanto nas ideias e na forma de se exprimir pela arte. A peculiaridade que reúne 10 novos artistas paraibanos justifica o nome da exposição Conexões, que tem vernissage às 19h de hoje (11), no Sesc Centro de Campina Grande. A mostra é itinerante e também vai passar por João Pessoa, no mês de janeiro, e Guarabira, em março. A entrada é gratuita.

    A exposição reúne múltiplas linguagens e formas de expressão no campo das artes visuais como fotografias, pinturas, desenhos e infogravuras. Cada autor colabora com três peças. Em geral, eles têm entre 20 e 30 anos e ainda com uma curta trajetória, mas já com destaque no cenário cultural paraibano. Segundo o curador da mostra coletiva, Paulo Aurélio, “o critério de seleção adotado foi o de encontrar alguns dos novos artistas que têm apresentado um trabalho de relevância no Estado. Nós estamos atentos e observando esse movimento na Paraíba, tem muita gente boa surgindo”, comentou.

    Um deles é o fotógrafo Everton David, que traz Aerobioses, um trabalho que parte dos sentimentos em torno das memórias de infância e que tem se consolidado ao longo dos últimos dois anos. Num processo de manipulação digital, David adiciona às imagens dos corpos uma textura com a sobreposição de elementos da natureza, como grama, areia, água. Um retorno à própria infância vivida ao ar livre na cidade de Arara, no Agreste paraibano.

    “Costumo dizer que – para mim – a série Aerobiose caracteriza-se como memórias de um corpo híbrido. É como se a natureza me completasse e eu me tornasse parte dela”, explica Everton David.

    Jornal da Paraíba

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here