Missa celebrada em João Pessoa marca o 1º mês de morte de Dom Marcelo Carvalheira

0

Uma missa celebrada na manhã desta terça-feira (25), no convento São Bento, em João Pessoa, por Frei Anastácio, marcou os trinta dias da morte do arcebispo emérito da Paraíba, Dom Marcelo Carvalheira. Trabalhadores de várias regiões do Estado, além de coordenadores da Comissão Pastoral da Terra (CPT), participaram da celebração.

Segundo Frei Anastácio, a missa foi marcada com exibição de vídeos sobre a atuação de Dom Marcelo na defesa dos mais humildes do Estado e depoimentos de lideranças da CPT, em relação à atuação do arcebispo na defesa dos trabalhadores rurais. “Dom Marcelo foi um verdadeiro pastor da Igreja, que em sua gestão cuidou do rebanho e não ficou ausente das discussões e dos problemas sociais do nosso estado. Ele será sempre uma referência, assim como Dom José Maria Pires foi”, disse o deputado.

Frei Anastácio registrou ainda a participação dele em mobilizações nas cidades de Remígio e Barra de Santana. Em Remígio, os trabalhadores e a população participaram de uma caminhada até a Câmara de Vereadores onde houve uma audiência pública para discutir as reformas trabalhista e da previdência.

Em Barra de Santana, segundo Frei Anastácio, foi realizado o movimento chamado o “Clamor do Povo de Deus” contra as reformas do governo Temer. “Essas mobilizações e outras que estão sendo realizadas mostram a revolta do povo contra essas reformas que só trazem prejuízo para o povo. E nessas mobilizações, eu já estive convidando o povo para a grande mobilização de sexta-feira, em todo o Brasil. Não podemos ficar parados diante de mais esse golpe que esse governo está querendo implantar contra o povo brasileiro”, disse.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here