Milanez se revolta: “ninguém do PMDB me mostrará a porta de saída”

0

O vereador Fernando Milanez (PMDB) não ficou muito feliz com as declarações do presidente do Diretório de João Pessoa de seu partido e também pré-candidato Manoel Júnior, na manhã desta terça-feira (01).

Manoel Júnior afirmou que se Milanez não apoiasse sua pré-candidatura, já poderia “ficar à vontade” para deixar a legenda. Algo que o vereador não gostou e não teve histórico de “admiração e respeito” entre os dois peemedebistas que o deteve para rebater.

“Nem ele, nem ninguém do PMDB me mostrarão porta de saída. Não sou de agressões, mas também não aceito ser agredido. Sou Pessoa e Milanez e se for agredido, meu lado Pessoa vai reagir. Não insistam com isso que vão ter aborrecimentos”, desafiou.

A chateação de Milanez tem motivo. Na campanha de 2014, Manoel Júnior apoiou o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) na disputa pelo Governo do Estado, tendo o PMDB um candidato próprio. E insinuou. “Quero saber se quem não votou nos candidatos do partido deixará a legenda”.

“Quem me fez votar em Cartaxo foi o PMDB no segundo turno das eleições municipais de 2012. O partido usufruiu de Cartaxo, depois rompe a aliança e agora quer composição com Cássio, que sempre combateu o PMDB. Estranho”, questionou.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here