Médica orienta cuidados com a saúde do idoso durante o verão

    0

    Todos precisam estar atentos à saúde com altas temperaturas do verão, principalmente a população idosa, que mais sofre com as mudanças da estação. Os profissionais do Centro de Atenção Integral à Saúde do Idoso (Caisi), da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) alertam que, neste período do ano, os idosos estão mais propensos a hipertermia (aumento da temperatura do corpo), desidratações, alterações de pressão e problemas alimentares.

    “O idoso não consegue controlar bem esse mecanismo que ajusta a temperatura do corpo e durante boa parte do ano reclama do frio. Por isso, durante as temperaturas mais quentes, a família continua agasalhando o idoso, provocando a hipertermia, que é o aumento da temperatura do corpo. Além disso, a pessoa idosa tem tendência maior a perder líquidos, o que leva a desidratação”, destaca a médica geriatra do Caisi, Cristiane Chaves Pessoa.

    Ainda de acordo com a geriatra, o quadro de desidratação e hipertermia podem ser agravados por conta da menor sensação de sede e consequentemente menor ingestão de líquido, o que pode ocorrer com as pessoas quando vão ficando mais velhas.

    “A intoxicação alimentar também é comum nesta época do ano, uma vez que as pessoas comem mais alimentos pesados e gordurosos e que não tem o devido cuidado na preparação e armazenamento”, complementou a médica.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here