Maranhão garante que se for eleito senador abrir mão da pensão de ex-governador

    0

    O candidato a senador e ex-governador José Maranhão (PMDB), afirmou em debate na TV Tambaú,  neste sábado (20), que recebe sim a aposentadoria como ex-governador, um direito seu, segundo ele e de acordo com a legislação em vigor. Maranhão, no entanto, adiantou que, eleito senador, irá abrir mão da aposentadoria de ex-governador da Paraíba. José Maranhão tem sido o favorito nas pesquisas de intenções de voto realizadas até agora por vários institutos.

    Maranhão garantiu: “É claro que quando assumir o mandato de senador eu terei que renunciar a essa pensão e vou fazê-lo na época oportuna. Não fui eu quem votou na Assembleia Legislativa ou no Congresso Nacional a lei que instituiu a aposentadoria. É preciso ver os que têm e os que não têm direito, de acordo com a lei, a receber essa aposentadoria”.

    Wilson Santiago (PTB), candidato ao Senado na Coligação de Cássio Cunha Lima, afirmou que, quando concluiu dois mandatos de deputado estadual, a lei lhe dava direito a se aposentar como deputado estadual, no entanto ele decidiu não requerer o benefício. “Ná época fui o único deputado com dois mandatos a não requer a minha aposentadoria proporcional por entender que a minha idade na época, pouco mais de 30 anos não era conveniente. Não requiri, a prova aí está nos anais da Assembleia”, declarou.

    O candidato ao Senado pela coligação A Vontade do Povo, afirmou ainda que o Congresso Nacional funciona, especificamente o Senado, no sentido de equilibrar as oportunidades para todos “e nós não podemos aprovar projetos e muito menos se beneficiar de projetos exclusivamente com o intuito de pessoalmente ser contemplado. Então na prática, eu agi assim, contra esses benefícios, entendendo que todo trabalhador brasileiro e o senador e o deputado é um trabalhador, precisa ter tempo de serviço para a aposentadoria igual ao que tem os demais trabalhadores brasileiros, respeitando sim as classes a que pertencem, mas a questão salarial, a questão de oportunidade nós não podemos usufruir dessa oportunidade de ser detentor de mandatos e aprovar projetos com o intuito exclusivo de ser beneficiado diretamente”, disse Wilson explicando que no seu caso, na Assembleia Legislativa, abriu mão do benefício.

    José Maranhão respondeu a pergunta da jornalista Claúdia Carvalho, que participou do debate ao lado dos jornalistas Rubens Nóbrega, Walter Santos e Alex Filho. A pergunta foi feita a Maranhão e comentada por Wilson. O debate aconteceu neste sábado das 11h às 13 horas.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]