Maranhão diz que cobranças do PSB são indevidas e garante candidatura em JP

1

Após as declarações do presidente estadual do PSB Edvaldo Rosas, na manhã desta quarta-feira (03), cobrando reciprocidade dos partidos que compõem a base aliada do governador Ricardo Coutinho (PSB) nas eleições deste ano, o senador e também presidente estadual do PMDB, José Maranhão, rebateu e tachou a cobrança como “indevida”.

A lógica é simples, para Maranhão. Em entrevista ao Paraíba Já, ele explicou que a recomendação é ter candidatura própria no maior número de municípios, principalmente nos principais redutos eleitorais paraibanos, como Bayeux, Campina Grande, João Pessoa, Patos e Guarabira.

“Nosso partido vai compor aliança nas cidades em que não foi possível viabilizar candidaturas próprias. As declarações do PSB foram indevidas. Há cidades em que o PSB não abre mão de candidatura própria e que são, coincidentemente, os maiores redutos eleitorais do PMDB. Em Patos, o PSB não abre mão de disputar eleição e nós teremos Francisca Motta concorrendo a reeleição. Guarabira tradicionalmente tem uma história muito forte com o PMDB, fortalecida pelo trabalho do deputado Raniery Paulino e do ex-governador Roberto Paulino e me parece que lá o PSB também anunciou candidatura própria. Em Bayeux, o PSB tem a prefeitura e nós também temos candidato”, explicou.

José Maranhão ainda relembrou em que termos foi feita a aliança com o partido do governador Ricardo Coutinho.

“O PMDB é aliado do governador, mas a gente não assumiu nenhum compromisso para apoiar os candidatos do PSB nas eleições municipais, senão naqueles municípios que é possível é viável. Mas há municípios que jamais será viável, porque há forças municipais que  são muito mais fortes do que as decisões burocráticas do partido. É impossível, nestes lugares, essas forças comporem alianças que não estão interessadas em fazer”, declarou.

E reafirmou a pretensão do partido em João Pessoa. “Manoel Júnior é o nosso candidato na Capital e foi decidido por unanimidade pelo Diretório Municipal. Apenas em um cenário de segundo turno em que o PMDB não participe, não teremos nenhum problema de apoiar o candidato do PSB”, esclareceu.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here