Manoel diz que vai apoiar Cartaxo porque “Ricardo produz vítimas” em suas alianças

0

O deputado federal Manoel Junior (PMDB), ao declinar de sua pré-candidatura em João Pessoa para apoiar o projeto de reeleição do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), disse que há mais de 30 dias havia estabelecido diálogo com o prefeito e com as demais legendas, como o PSB. A decisão dele e de toda a Executiva municipal peemedebista em rechaçar apoio aos girassóis foi porque não há confiança no governador Ricardo Coutinho (PSB) e que o socialista tem mania de fazer “vítimas” com seus aliados.

“Em relação ao PSB,  o que nós temos visto nos últimos tempos é uma verdadeira humilhação e desplante em desfavor do PMDB. O governador Ricardo Coutinho tem um traço de produzir vítimas, ele é um fazedor de vítimas. Eu cito Luciano Agra, que foi quem o fez, que era a mente intelectual de Ricardo. E também dizer que recentemente a vítima foi Estelizabel”, declarou.

Ele pontuou que a decisão em apoiar Luciano Cartaxo não foi pessoal. “Eu posso falar em nome do PMDB de João Pessoa, pelo diretório constituído, pela sua Executiva, e eu sou apenas um cidadão que veicula a decisão da maioria, que foi unanimidade. Nós colocamos as teses, as possibilidades para a executiva e que deve homologar”, disse.

Manoel ainda quis enfatizar que a decisão e até mesmo as negociações com Cartaxo foram feitas com o conhecimento do presidente estadual do PMDB José Maranhão e do presidente da nacional, Michel Temer.

“Mas eu não quero individualizar e personificar essa discussão. O que eu posso dizer é que tudo que eu fiz, de janeiro para cá, Maranhão e Temer teve conhecimento. Todos os meus passos, todas as minhas conversas, todas as minhas formulações, foram  com a concordância e conhecimento do senador José Maranhão e do presidente Michel Temer”, explicou.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here