Mais de 1,5 ipês foram plantados este ano em João Pessoa

    0

    A Secretaria de Meio Ambiente plantou mais de 1.500 Ipês Amarelos e Ipês Roxos nas áreas dos parques urbanos e áreas degradadas da Capital, dentro do Programa João Pessoa Carbono Zero. No próximo dia 22 de setembro, quando tem início a primavera, acontecerá o plantio de mais 50 mudas de Ipês, no Parque Solon de Lucena. O evento “Ipês do Amanhã” marca também a comemoração do Dia da Árvore, que acontece no dia 21.
     
    A árvore, que é nativa da Mata Atlântica, pode ser vista em praças, avenidas e canteiros centrais de vias públicas da capital, mas o Parque Solon de Lucena é onde se concentra o maior número delas. Atualmente, o parque é composto por 68 Ipês, mas existem 497 catalogados pela Prefeitura em João Pessoa.
     
    “A idade de marcação do plantio dos ipês na Lagoa é de 60 anos, algumas árvores mais antigas já foram substituídas porque morreram ou sofreram ataques de fungos”, contou o engenheiro agrônomo e chefe da divisão de Arborização e Reflorestamento da Secretaria Semam, Anderson Fontes.
     
    De acordo com ele, a primavera é a época em que ocorre o florescimento de várias espécies de plantas. “A função deste florescimento é o início da época de reprodução de muitas espécies de árvores e plantas. Em João Pessoa, temos o florescimento dos Ipês, árvore símbolo da estação para os paraibanos”, disse.
     
    Ainda de acordo com Anderson Fontes, os cuidados com os Ipês amarelos começaram desde agosto com o trabalho de poda de limpeza e tratamento fitossanitário, que consistiu no combate às pragas urbanas. “Todos estes preparativos fazem parte da política pública de arborização da PMJP e visaram garantir que as árvores estivessem saudáveis quando chegar a época da floração”, enfatizou.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]