PSOL rebate nota de Charliton, ironiza candidato e dispara: “nos deixe em paz”

0

Parece que o presidente do PSOL da Paraíba,Tárcio Teixeira, não gostou nada da nota do candidato a prefeito de João Pessoa pelo PT, Charliton Machado, nesta terça-feira (13). Isso porque, também em nota, Tárcio rebate as críticas do petista sobre o veto à participação do candidato da majoritária de seu partido, Victor Hugo, no debate da TV Cabo Branco.

Em um tom indignado e até sarcástico, Tárcio pede para que Charliton deixe o PSOL em paz, aconselha a focar na campanha e até revela que esteja surpreendido que o petista foque tanto na disputa acirrada (e empatada) entre os dois partidos na últimas pesquisas eleitorais.

Leia a nota na íntegra

Fiquei surpreso com a nota do candidato do PT fazendo referencia a posição de membros do PSOL nas redes socais, uma nota agressiva e que tenta distorcer a verdade.

Inicialmente quero deixar claro que o PSOL não publicou nota na imprensa em nenhum momento, mas eu, Tárcio Teixeira, individualmente, em meu facebook, fiz um breve desabafo informado os acontecimentos da reunião que “a preço de hoje” nega ao povo de João Pessoa o direito de ter o PSOL nos debates. Estranho que o candidato queira aparecer as nossas custas e focar no PSOL como principal adversário, não imaginei que estivessem tão preocupados por empatar com o PSOL nas pesquisas.

Eu não disse em nenhum momento que o PT foi contra a presença do PSOL no debate, apesar do PT (junto com PSD e PSB) ter assinado a proposta da Globo. Eu disse que tem “a assinatura do PSD, PSB e do PT no termo da reunião que consolidou tamanho Golpe a democracia e no povo de João Pessoa, fizeram o mesmo que Cunha no ataque ao PSOL”. O professor Charliton não teria coragem de dizer que estou mentindo, pois o PSOL foi o único Partido que negou assinar o termo da reunião.

Eu disse ainda que o PT, PSD, PSB e Cunha/PMDB votaram favoráveis a cláusula de barreira que impõe o número de 9 deputado para ter o direito de participar dos debates, acredito que Charliton também não vai desmentir, pode até chegar com aquela papo de “aqui na Paraíba o PT pensa diferente”, mas ele sabe como o PT e os partidos da direita votaram nessa questão.

Distorção de informações não ajuda a democracia. Não foquei no PT em nenhum momento, questionei todos que assinaram o termo de reunião que deixa o PSOL fora do debate; muito menos saí fazendo nota pública para querer abrir distância no processo eleitoral. Infelizmente fui forçado a responder a posição de quem não admite nem mesmo empatar com o PSOL nas pesquisas.

“Os verdadeiros adversários da Classe Trabalhadora é que mereceriam maior atenção e críticas do Partido Socialismo e Liberdade”, essa é a afirmação de Charliton que tenho total acordo, por esse motivo o PSOL não aceita aliança com golpista, onde ela foi feita sem autorização da Direção, o Diretório Nacional do PSOL já começou a comunicar aos Cartórios Eleitorais do Brasil para desfazer, seja na majoritária, seja na proporcional, ao contrário do que faz outros partidos que publicam nota da Direção Estadual e depois foi dizer que na proporcional ou onde os golpistas “não são cabeça” é possível coligar.

Charliton, aproveite que tem mais tempo de TV que o PSOL, que seu partido assinou o termo de reunião da Globo/Cabo Branco, que os Golpistas tentam excluir o PSOL do debate, e vá fazer campanha, deixe o PSOL em paz! Será que não posso nem mais ficar indignado em saber da exclusão do meu candidato do debate e fazer referencia ao termo da reunião que deixou o PSOL de fora?

#EuQueroVictorHugoNoDebate

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here