Auxiliar de Ricardo desqualifica pesquisa Ipespe: “a soma dá 99%”

    0

    O jornalista Luís Tôrres, secretário de Comunicação do Estado,  desqualificou a pesquisa IPESP/Jornal da Paraíba divulgada nesta sábado (16) e disse que a falta de cuidado foi tanta que a soma dos votos dos candidatos dá 99% e não 100%. “De arredondamento dos números? Fizeram de qualquer jeito? Impossível dar crédito a quem fez uma pesquisa sem o mínimo de zelo e que ‘arredonda’ as coisas como se estivesse vendendo amendoim em beira de praia”, disparou em seu perfil no Facebook.

    O porta-voz do Governo considerou um absurdo a informação de que Cássio estaria à frente de Ricardo na capital paraibana, e criticou a forma como os resultados foram divulgados. “O resultado, portanto, só poderia ser tão  improvável : Ricardo Coutinho perdendo em João Pessoa. Alguém pode acreditar nisso?”, questionou Tôrres.

    Luis Tôrres lembrou que os pessoenses, assim como os paraibanos, sabem exatamente o que foi feito na cidade e o que não foi feito e quem fez e quem deixou de fazer. “Em 2010, mesmo método permitia que José Maranhão aparecesse nas pesquisas ganhando folgado em Campina Grande e em João Pessoa. Francamente. Ainda bem que existe o dia da eleição. E que o povo ainda pode votar”, completou o jornalista.

    Confira abaixo à íntegra do comentário feito Tôrres em seu perfil no Facebook:

    Alguém percebeu que a soma dos números da pesquisa IPESP, estampada na capa de jornal, dá 99%? Falta de cuidado? De arredondamento dos números? Fizeram de qualquer jeito? Impossível dar crédito a quem fez uma pesquisa sem o mínimo de zelo e que “arrendonda” as coisas como se estivesse vendendo amendoim em beira de praia.
    Menos zelo do que isso é apresentar um resultado por município, João Pessoa e Campina Grande, e não expor a quantidade de eleitores ouvidos em cada uma das cidades.
    Porque dependendo da quantidade de entrevistados em um e outro município a margem de erro, nestes dois casos, seria muito superior a 2,6%.
    O resultado, portanto, só poderia ser o menos crível possível: Ricardo Coutinho perdendo em João Pessoa. Alguém pode acreditar nisso?
    Os pessoenses, assim como tantos e tantos paraibanos, sabem exatamente o que foi feito nesta cidade e o que não foi feito e quem fez e quem deixou de fazer. Em 2010, mesmo método permitia que José Maranhão aparecesse nas pesquisas ganhando em Campina Grande e em João Pessoa.
    Francamente. Ainda bem que existe o dia da eleição. E que o povo ainda pode votar.
    Quem trabalha merece.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here