‘Luciano Viajante Cartaxo’ e seu antimodelo de gestão, ironiza deputado

0

Luciano viajante Cartaxo. Este foi o nome dado pelo deputado estadual Aníbal Marcolino (PSD) ao seu colega de partido e prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD). Aníbal criticou o fato de Cartaxo levar para o Vale do Piancó o seu “modelo de gestão” adotado na Capital, pois, de acordo com ele a cidade vive em um “caos” administrativo que não deve ser adotado em outras cidades.

“A cidade está um caos. E o prefeito o que é que faz? Viaja pro Vele do Piancó falado de modelo de gestão. Deve ser o modelo de como não se deve fazer a gestão. Gostaria de alertar os prefeitos que estão recebendo visitas do Luciano ‘viajante’ Cartaxo, que esse modelo é de como não se deve administrar uma cidade”, criticou.

As declarações foram feitas após o parlamentar expor na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o estado que se encontra o mercado público de Oitizeiro visitado pelos vereadores da oposição da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), na última terça-feira (17).

Para o parlamentar o mercado público “está uma pocilga” trazendo riscos de doenças para a população. Aníbal pediu em seu discurso a intervenção não apenas da Vigilância Sanitária, mas também do Ministério Público, para poder encontrar uma solução para o problema, que para ele é de “saúde pública”.

“Quem mora em João Pessoa e tem amor por essa cidade e vê as condições do mercado público, que está uma verdadeira pocilga, um local onde se vende alimentos. Eu já falei aqui sobre a destruição da orla, da Saúde que se encontra um caos e essa questão do mercado é de saúde pública. São esgotos correndo a céu aberto. Risco de leptospirose e infecções. Enfim, é o verdadeiro caos o estado que se encontra o mercado de oitizeiro, mostrando essas condições precárias”, explicou.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here