Lombadas eletrônicas em quatro vias de JP passam a multar na próxima terça

    0

    Depois de um período educativo de 60 dias, os equipamentos de fiscalização eletrônica de velocidade instalados em quatro vias de João Pessoa, padronizados em 40Km/h, passarão a registrar e multar os condutores que insistirem em ultrapassar o limite máximo de velocidade. A medida começa a valer a partir da próxima terça-feira (25) nos equipamentos que funcionam nas avenidas Beira Rio e Tancredo Neves, e nas ruas Miguel Couto (Varadouro) e Francisco Porfírio Vieira (Mangabeira).

    Esse período educativo, inclusive, foi estendido tendo em vista a preocupação da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) em conceder tempo suficiente para que os motoristas se habituassem a trafegar respeitando o limite de velocidade. A Semob-JP constatou, nessa fase, que a maioria dos motoristas já respeita esse limite.

    “Neste período educativo, que estamos encerrando agora, os condutores tiveram tempo suficiente para se adaptarem a nova velocidade permitida e compreenderam a necessidade de reduzirmos a velocidade em prol da segurança de todos”, disse Roberto Pinto, superintendente da Semob, ressaltando ainda a importância desses equipamentos de fiscalização eletrônica de velocidade para a preservação de vidas no trânsito. “O índice de acidentes é bastante reduzido nos locais onde as lombadas eletrônicas estão presentes”, destaca.

    Adesivos que foram colados nos equipamentos, alertando a população e facilitando o período de adaptação, serão removidos marcando o término do período de orientação.

    Mais segurança – A padronização dos redutores de velocidade para 40 km/h foi uma medida adotada pela Semob-JP com o objetivo de contribuir para segurança do tráfego de todos que transitam nas localidades onde os equipamentos estão instalados, sendo de extrema importância por conta do grande fluxo diário de pedestres e veículos.

    Outras vias com velocidade diferenciada – Além das quatro vias que vão sofrer alterações, as lombadas eletrônicas de João Pessoa estão instaladas nos seguintes locais: Rua Sérgio Meira (Mandacaru); Rua Mardokeu Nacre (Padre Zé), em dois pontos da via; Avenida Esperança (Manaíra); Rua Comerciante Alfredo Ferreira da Rocha (Mangabeira), nos dois sentidos da via; Avenida Presidente Castelo Branco (Castelo Branco); Rua Trincheiras (Centro); Avenida Cruz das Armas (Cruz das Armas), nos dois sentidos da via; Rua Adalgisa Carneiro Cavalcante (Cuiá), nos dois sentidos da via; e Rua Cícero Leite (Cuiá), nos dois sentidos da via.

    As avenidas Cabo Branco (Cabo Branco), Edson Ramalho (Manaíra), João Câncio (Manaíra), Fernando Luiz Henrique dos Santos (Bessa), Argemiro de Figueiredo (Bessa) e Rui Carneiro (Tambaú), que possuem equipamentos diferentes (detectores eletrônicos de velocidade sem display que mostra a velocidade), com o objetivo de manter a velocidade regulamentada em toda a extensão das vias, permanecem com limite de 50km/h.

    Como funciona – O redutor eletrônico (lombada eletrônica) calcula, através de sensores, a velocidade dos veículos. Caso o limite seja excedido ao máximo permitido, há o registro da velocidade e da imagem do veículo. Existe, contudo, um limite de até 7km/h para garantir eventuais divergências entre a velocidade dos veículos e a velocidade aferida pelo equipamento (uma margem de segurança para o condutor).

    O objetivo desses equipamentos é reduzir a velocidade em pontos específicos, em virtude de tráfegos de pedestres, locais com riscos de acidentes, áreas escolares, etc.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here