LinkedIn cria ferramenta que compara salários

0

O LinkedIn lançou uma ferramenta de comparação salarial entre profissionais com a mesma ocupação e de uma determinada região nesta quarta-feira (2).

Para ter acesso aos rendimentos de seus colegas de profissão, o usuário tem antes de informar seu próprio salário e indicar também em que região trabalha. A partir daí, o LinkedIn Salary informa a média salarial daquela localidade. Pode ser útil se um empregado quiser saber se anda com o contracheque defasado.

O novo recurso também mostra quantos profissionais se encontram em determinadas faixas salariais.
O recurso, por ora, reúne apenas rendimentos de empregos nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido. Comprado pela Microsoft em junho deste ano por US$ 26,2 bilhões, o LinkedIn trata o novo serviço ainda como um demo e não informa se o levará a outras localidades.

A rede social informa que os dados de salário de um usuários são criptografados e armazenados separadamente das informações de perfil. Segundo o LinkedIn, possíveis recrutadores não têm acesso ao rendimento dos usuários.

Informações do G1.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here