Líder do PSDB diz que diálogo com o governo “é muito difícil”

    0

    Na primeira sessão do Senado Federal depois das eleições, o líder do PSDB, Aloysio Nunes Ferreira (SP), disse hoje (28) que o diálogo da oposição com o governo “é muito difícil”. Referindo-se à declaração da presidenta Dilma, ao ser reeleita no último domingo (26), de que vai aumentar o diálogo com a sociedade e unir o país, Aloysio lembrou alguns episódios da campanha para rejeitar qualquer aproximação.

    Segundo ele, perfis atribuídos a petistas nas redes sociais difundiram mentiras a seu respeito, na condição de candidato a vice-presidente na chapa de Aécio Neves, como o de que teria votado contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Trabalho Escravo e de que seria traficante de drogas.

    “Como é possível descer tão baixo na calúnia, na infâmia. Transformar as redes sociais, que são um instrumento maravilhoso da democratização dos debates, da participação social, transformar isso num esgoto, num esgoto fedorento para destruir adversários? Foi isso que eles [internautas] fizeram.”

    O senador garantiu que não pretende votar contra matérias que considere de interesse nacional, mas que só aceitará entendimento em torno da manutenção das regras democráticas. Ele criticou as primeiras entrevistas da presidenta Dilma após a eleição, nas quais, na sua avaliação, criticou a imprensa e propôs um plebiscito sobre reforma política que “passa por cima do Congresso Nacional”. O senador disse que o governo não cumpre acordos, negocia o apoio da oposição para a aprovação de projetos e, depois, veta trechos acordados pelas duas partes.

    “A oposição não tem que se unir com o governo, não. A oposição existe para fazer oposição. É tão importante para a manutenção do regime democrático que o governo tenha uma boa oposição”, concluiu o senador em entrevista à imprensa, após o discurso no plenário.

    Com informações da Agência Brasil

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here