Líder de RC na ALPB prepara voto de repúdio contra ministro das Cidades

0

Após ter bloqueado os recursos para a conclusão do viaduto Eduardo Campos, no bairro do Geisel, em João Pessoa, o ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), poderá receber um voto de repúdio da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Pelo menos essa é a proposta que será apresentada na próxima terça-feira (14), pelo líder do Governo na ALPB, deputado Hervázio Bezerra (PSB).

Hervázio espera a aprovação unânime da propositura na Casa, com o apoio dos colegas, tanto de situação, quanto de oposição. O socialista afirmou ainda que aguarda uma mobilização de toda a bancada federal da Paraíba, no Congresso Nacional, entre elas os doze deputados federais e também os três senadores para protestar contra a medida.

“Estarei protocolando amanhã esse voto de repúdio no plenário da Assembleia e espero contar, primeiro, com o apoio unânime dos colegas, porque essa atitude do ministro não é apenas uma retaliação ao governador, mas sobretudo à Paraíba e a cidade João Pessoa, uma verdadeira desatenção”, disse.

Hervázio lembrou que a obra estava em um ritmo acelerado e o Estado tem como comprovar que mais de 50% já estava concluído.

“Essa é uma obra que a população está acompanhando, sendo construída no ritmo acelerado. O governo investiu muito e nós não vamos aceitar esse tipo de retaliação, desatenção e preconceito com a Paraíba. Na nota o ministério confessa que a obra já estava com 22% de conclusão, mas o Estado vai provar que esse número já passa de 50%”, disse.

O investimento total obra é de R$ 38 milhões, fruto da parceria entre os governos Estadual e Federal. O empreendimento vai solucionar problemas na circulação de veículos nas zonas Sul e Sudeste da Capital.

“Até agora o valor repassado pelo governo federal foi de R$ 200 mil e quando o governador consegue, com muito esforço, a liberação de R$ 17 milhões para a conclusão da obra, o ministro castra a continuidade do serviço solapando em uma só canetada toda a conquista da cidade de João Pessoa e é por isso que nós não vamos aceitar, vamos protestar e espero que assembleia dê uma resposta da revolta da Paraíba e que aprove de forma unânime esse voto de repúdio”, asseverou. Depois de pronta, a obra terá 1,75 km de extensão. A intervenção vai solucionar os problemas de circulação de veículos na interseção da BR-230, atendendo aos bairros das zonas Sul e Sudeste da Capital paraibana.

O viaduto está sendo edificado em concreto armado, com quatro alças e trevo. O projeto foi aprovado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), em Brasília.

Mão de obra – A construção do viaduto do Geisel conta com cerca de 100 operários, que trabalham diariamente. Os serviços consistem na adequação das interseções para a transposição da BR-230 e seus respectivos sistemas viários de acesso.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here