Líder da base de Cartaxo ataca PPS e diz que vice-prefeito agiu como “cobra”

0

O vereador Marco Antônio (PHS), líder da bancada governista na Câmara de João Pessoa (CMJP), criticou duramente os colegas parlamentares que eram aliados da gestão Cartaxo e romperam recentemente fazendo alarde. É o caso do vice-prefeito Nonato Bandeira, que nesta segunda-feira (11), recomendou para que os filiados do PPS não apoiem a reeleição do prefeito Luciano Cartaxo (PSD).

Sobre o racha do PPS, seu partido até meados do mês passado, Marco Antônio comparou a atitude como a de uma serpente que morde a mão que a alimenta e usou uma parábola para ilustrar o ataque.

“Para não falar mal de ninguém eu vou contar a vocês uma historinha rápida, a parábola da cobra e do dono do parque. O dono do parque achou uma cobra, colocou dentro de uma caixa e foi andando com cobra pela estrada para se apresentar pelas cidades. Essa cobra, ele foi alimentando, foi colocando a cobra pra levar sol, ajeitando – e a cobra ali”, começou.

“Algumas pessoas diziam ‘rapaz, aquela cobra vai te morder’. E ele dizia ‘não vai nada, aquela cobra se apresenta tão bem quando a gente chega nos lugares, é bacana, a gente tem de ter aquela cobra com a gente’. Quando o dono do parque tava chegando na cidade grande e ia precisar da cobra, que era uma boa atração, a cobra fez o que? Mordeu o dono do parque, tentando matar o dono do parque. Mas não conseguiu, porque o dono do parque já estava vacinado”, completou nele.

“Eu conto essa parábola sem nominar ninguém. Quem quiser se sentir a cobra que se sinta, quem quiser se sentir o dono do parque que se sinta”, acrescentou o  vereador.

Marco Antônio reafirmou sua lealdade irrestrita ao prefeito Cartaxo, a quem comparou explicitamente como “o dono do parque” e os vereadores dissidentes da base e o vice-prefeito, as cobras que tentam destruí-lo mesmo ele tendo atendendo seus interesses por um bom tempo.

“Eu tenho posição e se o dono do parque tiver uma pessoa com ele na véspera da eleição é Marco Antônio Cartaxo Queiroga Lopes: sou eu! Eu acho que a gente não pode passar três anos e três meses numa gestão e a sair aqui agora falando mal, esculhambando. Por que nunca falou? A gente tem que assumir as coisas com transparência”, concluiu.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here