Levar programação carnavalesca para o Centro de Conde é inovador, diz prefeita

0

A banda Tambores do Tempo, integrada por crianças e adolescentes da Escola Viva Olho do Tempo, de Gramame, foi uma das atrações neste sábado (25) da abertura oficial do Carnaval Cultural de Conde, município do litoral Sul da Paraíba, que este ano foi descentralizado e expandido: eventos no Centro e em Jacumã, que teve a área para a festa aumentada. O bloco Cafuçus, de João Pessoa, foi convidado e participou pela primeira vez, lançando a proposta da criação de um Cafuçus em Conde. O bloco dos Idosos, de Conde, também se apresentou na abertura.

A prefeita Márcia Lucena, que participou do evento, declarou que a presença do grupo Tambores do Tempo é um marco da expansão tanto da agenda quanto do espaço do Carnaval do município, que este ano inovou programando atrações também para a região Central de Conde.

A prefeita disse que a praia de Jacumã continua a ser o espaço de maior participação popular, e tanto é assim que foi idealizada e está em execução uma programação especial, aberta ao  público, com a participação dos blocos e shows culturais com artistas do Estado como Cida Alves, Zé Guilherme, Totonho, Sandra Belê e Clube do Samba. Ela ressaltou, porém, o fato de que pela primeira vez o Carnaval foi descentralizado e a participação de grupos com o Tambores do Tempo deixa clara a opção por um Carnaval realmente sintonizado com os ritmos e a cultural regional e local.

Sobre o grupo

Constituído atualmente por 63 crianças e adolescentes, Tambores do Tempo é um grupo coordenado pelo percussionista e luthier Marcílio Alcântara. Ele apresenta como proposta a relação dos ritmos tradicionais e populares, entrelaçando os ritmos ancestrais de diversas etnias que aqui aportaram e fixaram suas raízes. O grupo percussivo TAMBORES DO TEMPO resgata a importância da cultura local a partir do Maracatu de baque virado e desenvolve um trabalho utilizando a fusão de ritmos e danças tradicionais brasileiras como a ciranda, o coco de roda, samba, ijexá, samba reggae, toré, afoxé e a musica popular do Brasil, desenvolvendo um trabalho em parceria com Griôs, Mestres, grupos e artistas locais em suas apresentações. Além disso, o grupo realiza shows, espetáculos, cortejos, oficinas de percussão e dança através das artes integradas, acompanha blocos carnavalescos e realiza oficinas de fabricação e construção de tambores, seu projeto educativo é voltado para nosso público beneficiário constituído por alunos da rede pública e seus familiares.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here