“Lei da Água” é principal tema de debate na abertura da Semana da Água

    0

    Nesta quinta-feira (19), pela manhã, foi aberta a Semana da Água, promovida pelo Governo do Estado, no auditório do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), em João Pessoa, com foco na “Lei da Água”. Foi exibido um documentário e, em seguida, houve um debate sobre o assunto, com a presença de todos os parceiros da programação do evento alusivo ao Dia Mundial da Água (22). A Semana da Água tem por objetivo chamar a atenção da população para o problema hídrico que existe hoje no mundo.

    Participam da programação as Secretarias de Estado da Saúde; da Educação; de Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia;  Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa); Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa); Fundação Nacional de Saúde (Funasa); Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) e Comitês das Bacias Hidrográficas da Paraíba; do Litoral Norte e do Litoral Sul, professores e alunos, do IFPB.

    No documentário, depoimentos de biólogos, cientistas, zootecnistas, oceanógrafos, agrônomos; geólogos; advogados de instituições que lutam pela preservação do meio ambiente, promotores, parlamentares, pesquisadores, produtores rurais e ambientalistas, sobre as consequências do desmatamento de encostas e de áreas de preservação permanente e a preocupação com a nova  “Lei da Água” que prevê, entre outras coisas, a diminuição de 30 para 5 metros a extensão da mata ciliar, que serve para proteger os rios.

    Para o coordenador do Curso de Gestão Ambiental, do IFPB, Arilde Franco Alves, o evento proporciona o despertar da sociedade. “A população tem que estar ciente sobre o papel da água na vida do planeta e o resgate da discussão da relação homem-natureza”, sugeriu.

    A estudante Joysse Gomes também falou da importância da sociedade nesta discussão “Estas mobilizações são importantes porque fazem chegar até a população duas coisas bem preocupantes: a falta e a má qualidade da água”, falou.

    O chefe do Núcleo de Fatores Não Biológicos, da SES, Emanoel Lira, alertou para as doenças que surgem a partir da falta de cuidados com a água e também da falta de água. “Além das doenças de veiculação hídrica, como a esquistossomose, malária, dengue, leptospirose, etc, têm as verminoses e aquelas relacionadas com a higiene pessoal, como as dermatites”, disse.

    A Cagepa participa do evento com a campanha “Água não se joga fora”. A companhia distribuiu material com dicas de economia de água, a exemplo de usar balde ao invés de mangueira para lavar carro ou calçada; deixar a torneira fechada enquanto escova os dentes ou faz a barba; o mesmo com o chuveiro, enquanto se ensaboa; consertar vazamentos e usar a máquina de lavar sempre com a capacidade máxima de roupa.

    A Aesa também distribuiu material educativo com o tema “Cuide da Água da Gente”, no qual são repassadas dicas como aproveitar a água da chuva; não jogar lixo e elementos tóxicos em mananciais (rios, açudes, poços, cacimbas); proteger as nascentes dos cursos de água e reservatórios; cuidar das matas e investir na conscientização e educação da sociedade para o uso racional, conservação e preservação das águas.

    A programação continua no domingo (22), a partir das 6h30, na capital, com uma caminhada, do Supermercado Pão de Açúcar (Av. Epitácio Pessoa), ao Busto de Tamandaré. Em seguida, terá um passeio ciclístico, saindo do Busto, seguindo para Lagoa (Parque Solon de Lucena), com retorno ao Busto, onde será servido um café da manhã. Ainda serão realizadas panfletagem, aferição de pressão arterial e teste de glicose. Além disso, haverá exposição do Laboratório Móvel da Funasa e apresentação da Banda da Polícia Militar.

    A partir da segunda-feira (23), a programação abrangerá outras cidades: Bananeiras e Patos, no dia 23; Caaporã, dia 24; Itatuba, dia 25; Sapé, dia 26; Campina Grande e Boqueirão, dia 27. Na quarta-feira terá visita técnica às obras do Canal Acauã-Araçagi.

    Na segunda-feira (23), na Escola Municipal João Paulo II, em Bananeiras , a partir das 9h, será realizada uma visita aos locais de interesse do Comitê das Bacias Hidrográficas do Litoral Norte, além de atividades de Educação Ambiental. Ainda no dia 23, a partir das 8h, na Escola Municipal Professor Manoel de Sousa Oliveira, em Patos, serão realizadas atividades de educação ambiental e cultural.

    Na terça-feira (24), as 8h, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Maria Emília Valença, em Caaporã, será exibido o filme ‘A lei da água’, seguido por um debate. Na quarta-feira (25), das 6h30 as 15h, serão realizadas visitas às obras do Canal Acauã-Araçagi. Participarão os membros do Comitê das Bacias Hidrográficas do Litoral Norte e do Litoral Sul. No mesmo dia, na Escola Estadual Monsenhor Odilon Alves Pedrosa, no município de Sapé, das 8h ao meio-dia, será realizada uma palestra sobre qualidade da água.

    Na sexta-feira (27), na Sala de Multimídia do Colégio Estadual da Prata, em Campina Grande, a partir das 8h, será exibido o filme ‘A lei da água’,  seguido por um debate. No mesmo dia, das 14h às 17h, membros do Comitê da Bacia Hidrográfica da Paraíba farão uma visita ao Açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here