Lei barra uso de WhatsApp por funcionários em instituições bancárias e órgãos públicos de Sousa

    0

    Foi aprovada nesta segunda-feira (8) pela Câmara Municipal de Sousa, no Sertão Paraibano, lei que proíbe uso de aparelhos de celular e aplicativos, como WhatsApp, por funcionários em hospitais, postos de saúde, instituições bancárias, bibliotecas, entre outros. A lei é de autoria do vereador Aldeone Abrantes (PTB).

    A justificativa do vereador para a iniciativa é que o atendimento público é prejudicado em muitos casos por causa do uso excessivo do celular e que o cidadão é deixado em segundo plano e não recebe atendimento eficaz, por causa da tecnologia.

    “Muitas vezes as pessoas ficam esperando por atendimento, enquanto funcionários que deviam estar trabalhando, ficam no WhatsApp, deixando o público em segundo plano”, comentou.

    A norma determina que quem for flagrada usando o celular será multado em 200 UFIR´s (Unidade Fiscal de Referência), o que equivale a aproximadamente a R$ 540. Além da multa, o infrator será ‘convidado’ a se retirar do ambiente com auxilio da segurança, guarda municipal ou até mesmo a Polícia Militar, em caso de desobediência.

    Ainda segundo a Lei, os estabelecimentos que não se adequarem à norma não terão os alvarás de funcionamento renovados pela prefeitura.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here