Justiça nega pedido de Reginaldo para retornar à Prefeitura de Santa Rita

    0

    O prefeito cassado de Santa Rita, Reginaldo Pereira, sofreu mais uma derrota na tentativa de retornar ao cargo. A juíza Lilian Frassinette Correia Cananéa negou, ação ordinária movida pelos advogados do gestor, que foi afastado do cargo pela Câmara de Vereadores, no mês de março, por ter supostamente cometido vários crimes administrativos. Ele é acusado de fraudes em licitações, prática de nepotismo e improbidade administrativa.

    Após a decisão da juíza da comarca de Santa Rita, o advogado Valberto Azevedo, que representa a Câmara de Vereadores, lembrou que já somam mais de 10 as ações perdidas por Reginaldo. Segundo ele, o ex-prefeito está apenas exercendo o chamado judice sperniandi (o direito de espernear).

    “Todas as alegações apresentadas pelo prefeito cassado foram rejeitadas. Já são mais de 10. A legalidade do ato da Câmara está exibida, comprovada. Ele está exercendo apenas o direito de espernear”, afirmou.

    Com a cassação de Reginaldo, a cidade de Santa Rita vem sendo administrada pelo vice-prefeito Netinho de Várzea Nova, que vem obtido expressiva aprovação popular.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]