Julianne Trevisol sobre namorado 12 anos mais novo: ‘Nunca foi problema’

0

Desde que Julianne Trevisol começou a dar expediente como a atrapalhada Lu de “Totalmente Demais“, as confusões e desilusões amorosas da personagem têm feito sucesso entre os fãs da novela. Na vida real, no entanto, a situação é bem diferente: a atriz está prestes a completar um ano de namoro com o ator Christian Monassa, que interpretou Serguei na temporada de 2014 de “Malhação”.

O que chama atenção, no entanto, é a diferença de idade entre os dois – ela tem 32 anos e Christian, 20. “São 12 anos de diferença. Mas quando a gente se conheceu nem sabíamos disso porque sempre pareci um pouco mais nova do que a minha idade e o acho bem maduro, então achei que ele parecia até mais velho do que realmente é. A gente só foi falar de idade depois que já estávamos nos envolvendo de alguma forma.”

Mas nada que prejudique a relação, garante ela. “Completamos um ano de namoro agora, em abril. Nos damos muito bem. Ele me apoia, a gente confia um no outro e conversamos muito, o que é legal numa relação. Nunca foi um problema.” Os dois não moram juntos, mas como boa canceriana que é, Julianne garante que casamento e filhos estão nos planos do casal. “Mas não agora”, faz questão de frisar.

“Minha família é uma base muito importante na minha vida, está em primeiro lugar, então sem dúvida nenhuma quero poder formar a minha própria. Só não penso nisso agora porque estou realmente muito focada no trabalho, acho que é um momento de recomeço profissional. Tenho muito trabalho à frente, tenho muito o que caminhar até realmente poder parar”, afirma.

Como sou canceriana, acho que para eu realmente querer ter filho, vou querer parar a minha vida, sabe? Espero que quando decidir, tenha essa possibilidade de poder parar um tempo para cuidar do bebê porque sou muito apegada, não vou conseguir deixar em casa”, pondera ela.

Sobre o figurino: ‘Abriu muito a minha cabeça em relação ao meu estilo’
Para interpretar a personagem, Julianne teve que encarar mudanças tanto no visual quanto noestilo. Além de ficar loiríssima e cortar ainda mais o cabelo, a atriz teve que se acostumar com o figurino fashionista. “Já tive uma fase mais rock ‘n’ roll e sempre gostei muito de preto e branco, enquanto a Lu mistura várias estampas, combina xadrez com listras e bolinhas e no fim dá tudo certo. Acho que isso abriu muito a minha cabeça em relação ao meu próprio estilo”, admite.

“Combinar tênis esportivos com roupas mais arrumadas e apostar em sapatos dourados ou prateados, por exemplo, são coisas que passei a incorporar. É bacana você se doar ao personagem e acabar absorvendo um pouco disso para a sua vida também”, complementa.

Sobre loirice: ‘Chama mais atenção, não dá para passar despercebida’
Em relação ao cabelo, a atriz conta que passou a chamar mais atenção na rua depois que clareou os fios. “Foi uma mudança bem radical, mas acho que trouxe um ar mais solar, sabe? Realmente chama mais atenção, as pessoas já te notam de imediato, não dá para passar despercebida (risos). Acho que traz um ar mais sexy também”, opina.

Para manter o loiro em dia, Julianne é obrigada a manter uma rotina de cuidados. “A verdade é que, na falta de tempo, acabo não tendo todo o cuidado que deveria, mas tento ao máximo. Corto o cabelo uma vez por mês e aparo a franjinha de duas em duas semanas. Retoco pouco a raiz, normalmente de dois em dois meses. E a cada duas semanas aplico o tonalizante, que é para deixar o mais branquinho possível porque o cabelo vai amarelando.”

Nesse período, ela adotou alguns truques de beleza. “Não existe mais condicionador na minha vida, só máscara para o cabelo. Entro no banho, lavo com xampu, aplico a máscara, tomo o banho inteiro e enxáguo no final. Agora, todo lugar é motivo para cuidar do cabelo. Se vou à sauna, coloco algum produto no cabelo. Se vou à piscina, tento nem molhar para não ter perigo do cloro mudar a cor. Rola todo um cuidado.”

Sobre boa forma: ‘Estou magra porque estou ralando e me cuidando’
Quem analisa as imagens do ensaio de modaque ilustra essa reportagem pode perceber que, além da boa forma, chama atenção a cinturinha fina da atriz. Mas nada daquele discurso de “nasci assim, como de tudo, é genética”.

Trevisol garante que sua a camisa para manter o corpo em dia. “Tem gente que acha legal falar que não faz nada, que nasceu assim. Não acho isso nada legal, porque a pessoa deve olhar para a matéria e falar: ‘Gente, se ela nasceu assim, o que vou fazer da minha vida?’. No meu caso, estou magra porque estou ralando e me cuidando”, afirma.

Além de ter perdido três quilos antes de começar a gravar a novela – “me sinto melhor no vídeo quanto estou mais magra” – Julianne equilibra academia, ioga e dança.

“Faço treinamento funcional com meu personal trainer pelo menos três vezes por semana, pratico ioga porque me traz equilíbrio e mantenho sempre a dança também porque é onde me realizo artisticamente.”

A alimentação também é controlada. “Só não como glúten e lactose. Mas não abro mão de ter um dia no fim de semana para comer as minhas porcarias. Meu ponto fraco é o chocolate, aliás, doces em geral. O mais difícil para mim é sempre cortar o doce”, lamenta ela, completando que, após os 30 anos, a preocupação com o corpo passou a ser mais constante.

“Acho que depois dessa idade você vai tomando uma consciência maior sobre a alimentação, não só para ficar bonita ou emagrecer, até porque não é mais imediato, fica mais difícil perder aqueles quilinhos extras.”

As informações são do Ego.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here