O jornalista Walter Santos, um dos mais conceituados da imprensa paraibana, destacou em sua conceituada coluna, veiculada no portal WSCOM, o processo de modernização que vem sendo implantado na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) pelo presidente da Casa, vereador Marcos Vinícius (PSDB).

Clique aqui ou leia abaixo à integra o artigo de Walter Santos:

Como debate racional sobre regras e missão elevam o nível da Câmara Municipal

Enquanto na aldeia toma corpo a intriga política sem fim, há quem construa a fase presente com atitudes e processos que bem estão na contramão (no caso de forma positiva) do péssimo estágio do Congresso Nacional tomado de desvios de todas as ordens.

Refiro-me exclusivamente ao processo de qualificação dos seus quadros por parte da Câmara Municipal de João Pessoa atualizando dados e ensinando como se faz para estar muito acima da média nacional.

SEM MISTÉRIO, MAS COM QUALIDADE

Quem foi ao plenário Ariano Suassuna do Tribunal de Contas atestou o nível qualificado dos palestrantes atraídos à reciclagem a partir da Interlegis, a exemplo do consultor Francisco Etelvino, mostrando com detalhes os erros comuns nos Legislativos ao mesmo tempo os procedimentos corretos dessas Casas.

Ele foi a fundo, desde da Ordem geral passando pela autonomia do Plenário, a importância da questão Laica no Legislativo, a inter-autonomia dos Poderes, mesmo com relacionamento altivo das lideranças mas sem submissão.

A FIGURA DO PRESIDENTE

Como ficou claro, o presidente Marcos Vinícius constrói o projeto de Modernização da Casa revisando e atualizando a Lei Orgânica do Município e o Regimento Interno da Casa para isso precisando atualizar o conhecimento dos Pares e da máquina administrativa.

Exemplo claro: Marcos Vinícius é aliado de primeira hora do prefeito Luciano Cartaxo, mesmo assim teve coerência e coragem de implantar o processo de Emenda Impositiva em favor da autonomia do Poder Legislativo, algo difícil de exercer.

TROCANDO EM MIUDOS

Ao costurar e implantar o Seminário de atualização, Marcos Vinicius sai do lugar comum, do famoso feijão-com-arroz conceitual para se impor pelo projeto e gestão diferenciados, como há tempo não se via.

Como se diz lá na Torre, essa alma quer reza.

Comente

Camara Municipal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here