Jornalista defende Durval das críticas de Jutay e manda recado ‘abusado’

    0

    O assessor de imprensa da Presidência da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), jornalista Paulo de Pádua, saiu em defesa do presidente da Casa, vereador Durval Ferreira (PP), que foi criticado pelo deputado estadual Jutay Menezes (PRB).

    Segundo o jornalista, diferente de Jutay, o presidente Durval “tem coragem sim, tem serviços prestados à cidade e sempre demonstrou respeito, ao longo de sua carreira pública, aos diferentes segmentos religiosos.”

    Paulo de Pádua afirmou que “as imagens, a cruz santíssima e imagem da Padroeira da Cidade”, estão no Plenário da Câmara há décadas, desde à época da redemocratização. “Isso prova que o deputado não conhece a história da instituição nem da cidade”, ‘alfinetou’ o assessor da CMJP.

    O jornalista lembrou, ainda, que o presidente Durval, como “homem democrátic”o, sempre abriu espaço no Poder Legislativo Municipal para o contraditório e para os mais variados movimentos sociais.

    O assessor de imprensa deixou claro que o vereador tem um posicionamento religioso definido, mas nem por isso adota medidas de radicalismo contra quem quer que seja.

    Para ele, “o deputado deveria estar preocupado em não passar desapercebido na Assembleia Legislativa, atender as expectativas de quem o elegeu, apresentar projetos de interesses do Estado e ter a coragem de definir sua posição política.”

    Entenda o caso

    Em entrevista à imprensa da Capital, o deputado Jutay criticou o Ministério da Educação por ter utilizado na prova do Enem deste ano questões com fundamentalismo religioso. Para o parlamentar, temas como esse, ferem o Estado Laico que é pregado no país.

    Jutay aproveitou para tecer críticas a Durval Ferreira por permitir o uso de imagens de uma cruz e da padroeira da Cidade, Nossa Senhora das Neves, no Plenário da Câmara Municipal de João Pessoa. Para ele, “falta ao vereador coragem para tirar as imagens do local.”

    “Na Câmara tem a imagem de uma cruz e também uma da padroeira da cidade. O presidente (Durval Ferreira) não tem coragem de retirar. Eu tenho minha opinião, não critico nenhuma religião, e sim gosto de debater o que é de interesse do povo”, enfatizou Jutay em entrevista ao portal PB Agora.

    Saiba mais

    Estado Laico significa um país ou nação com uma posição neutra no campo religioso. Também conhecido como Estado Secular, o Estado Laico tem como princípio a imparcialidade em assuntos religiosos, não apoiando ou discriminando nenhuma religião.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here