João Pessoa se torna a capital do esporte estudantil brasileiro em 2015

    0

    Chegou a hora do futuro do esporte do Brasil apresentar seu cartão de visitas. Durante dez dias, os melhores atletas escolares do país com idade entre 15 e 17 anos transformarão João Pessoa (PB) na capital do esporte estudantil brasileiro com a realização dos Jogos Escolares da Juventude. A partir desta quinta-feira, dia 6, a cidade paraibana receberá competições em 13 modalidades, atividades culturais e um recorde de participantes. Enquanto alguns dos mais de quatro mil jovens, voltarão para casa com medalhas no peito, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) trabalha para que os dias em João Pessoa contribuam para a inserção social de todos eles através do esporte. Ainda nesta quinta, a partir das 18h, acontece a Cerimônia Oficial de Abertura dos Jogos, no ginásio de esportes da UFPB. As competições esportivas terão início nessa sexta-feira, dia 7, a partir das 8h da manhã.

    Uma coletiva de imprensa realizada na Estação das Artes, com astros do esporte nacional marcou o início do evento. O encontro contou com a presença do Prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo, do secretário de esportes da Paraíba, Tibério Limeira, do Diretor Geral dos Jogos Escolares da Juventude Edgar Hubner, do vice-presidente da Coca-Cola Brasil para os Jogos Olímpicos Rio 2016, Flávio Camelier, e dos embaixadores Sarah Menezes (ouro em Londres 12, no judô), Vanderlei Cordeiro (bronze em Atenas 04, na maratona), Murilo Fischer (ciclismo), Angélica Kvieczynski (ginástica rítmica), Antoine Jaoude (lutas) e Lígia Silva (tênis de mesa).

    “Vejo os Jogos Escolares da Juventude como fator importantíssimo para todas as crianças e jovens que têm a oportunidade de disputá-lo, porque são a base para a carreira deles. É como se esses jovens atletas estivessem participando dos Jogos Olímpicos adultos, e por trás disso existe toda a parte disciplinar, os treinamentos, a integração de cada equipe, a contribuição da família e de todos os que estão envolvidos no evento. Essa iniciativa do COB é de vital importância para o desenvolvimento do esporte brasileiro, e tenho certeza de que daqui sairão os futuros medalhistas olímpicos do Brasil”, disse a campeã olímpica em Londres, e bicampeã dos Jogos Escolares da Juventude Sarah Menezes.

    Campeã olímpica em Londres apenas dois anos após sagrar-se campeã dos Jogos Escolares da Juventude, Sarah é um dos 13 ídolos do esporte brasileiro convocados pelo COB para ajudar na interação com os jovens atletas. Além dela, outros dois medalhistas olímpicos serão embaixadores na etapa de João Pessoa dos Jogos: Vanderlei Cordeiro (bronze em Atenas 2004, na maratona), e Ricardo Santos (prata em Sidney 2000 e ouro em Atenas 2004, no vôlei de praia). Ao lado de outros dez embaixadores, eles irão transmitir suas experiências aos jovens que participarão da competição na capital paraibana.

    Único brasileiro detentor da medalha Pierre de Coubertin, Vanderlei Cordeiro de Lima falou sobre a responsabilidade de ser um dos embaixadores dos Jogos. “Me sinto muito honrado em ser embaixador da etapa de João Pessoa dos Jogos Escolares. Para mim, isso é uma enorme missão. A maioria dos atletas já consagrados que estão aqui surgiram de ações ou competições como essa. Eu mesmo participei do meu primeiro campeonato nos Jogos Escolares do Paraná, e foi a partir dali que passei a sonhar em um dia poder chegar a uma Olimpíada, que é o mesmo sonho de todos os jovens atletas que estão aqui. Me sinto privilegiado de poder contar a minha história aqui nesse evento”, disse o ex-maratonista. O objetivo do programa de embaixadores é contribuir para a formação dos alunos/atletas dentro e fora da competição, através de palestras, atividades culturais, presença no local da competição da respectiva modalidade, entre outras ações.

    Mesmo que o principal objetivo do COB seja o desenvolvimento pessoal através do esporte e o incentivo à prática esportiva nas escolas, cada vez mais os Jogos Escolares se consolidam como o grande revelador de potenciais atletas para o alto rendimento. As Confederações Brasileiras Olímpicas enviam observadores para os Jogos com o objetivo de descobrir talentos para o esporte nacional. Muitos jovens que passaram pelos Jogos Escolares já estão representando com destaque o Brasil nas principais competições do calendário internacional. “A cada ano conseguimos atrair mais participantes e estabelecer novos padrões na organização do evento. Nosso grande desejo é ver dentro do ambiente escolar e acadêmico a formação de base que já está revelando para atletas em nível internacional”, disse Edgar Hubner, Diretor Geral dos Jogos Escolares da Juventude.

    Vice-Presidente da Coca-Cola Brasil para os Jogos Olímpicos Rio 2016, Flávio Camelier falou sobre a importância da parceria do mais antigo patrocinador dos Jogos Olímpicos adultos com os Jogos Escolares da Juventude. “Poucas pessoas sabem, mas segundo dados do IBGE, 70% dos jovens são inativos ou insuficientemente ativos. Por isso, percebemos nos Jogos Escolares uma oportunidade única de gerar essa inspiração para milhões e milhões de jovens ao redor de todo o país. Além disso, o evento já se tornou a mais importante ferramenta de identificação de novos talentos para o esporte brasileiro. Por isso, nos sentimos muito orgulhosos com essa parceria”, disse Flávio.

    Em João Pessoa serão disputadas competições de atletismo, ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, xadrez, basquete, futsal, handebol, vôlei e vôlei de praia. Além das competições, os jovens atletas terão à sua disposição uma ampla gama de eventos paralelos. O programa sócio-educativo e cultural abrange diversas atividades extras com o intuito de aproximar os jovens de todo o país aos Valores Olímpicos e ao exemplo positivo da prática esportiva, e clínicas esportivas de três esportes agitarão o Centro de Convivência durante os Jogos Escolares: levantamento de peso, basquete 3×3 e tiro com arco.

    Aproximadamente 4.700 pessoas estão envolvidas com os Jogos, entre atletas, técnicos e dirigentes de todos os estados brasileiros, mais o Distrito Federal e uma delegação local de João Pessoa, além de cerca de mil pessoas trabalhando na organização. Este é o novo recorde de participação ao longo dos dez anos de história do evento.

    O guia com os horários e locais de todas as modalidades estão disponíveis no site oficial dos Jogos Escolares da Juventude (http://jogosescolares.cob.org.br).

    Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil, correalizados pelo Ministério do Esporte e Organizações Globo, com apoio do Governo do Estado da Paraíba, da Prefeitura de João Pessoa e patrocínio máster da Coca-Cola.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here