Com vestibular deficitário, UEPB faz adesão integral ao Sisu em 2015

    0

     

    No próximo ano, a única forma de ingresso à Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) será através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A adesão da universidade tem sido progressiva desde 2012, que ofertou, à época, 25% das vagas neste programa. De acordo com a Pró Reitoria de Graduação da UEPB, a adesão de 100%  das vagas em  2015 acontece por que nos últimos cinco anos, o processo seletivo que era realizado anualmente, contabilizava um déficit de R$ 800 mil/ano, além de ampliar os valores de recursos federais destinados à instituição. Até o momento, não há previsão de quantas vagas serão ofertadas nos 52 cursos e oito campi da UEPB.

     

    O que mais motivou a UEPB para que aderisse integralmente ao Sisu foi o prejuízo dos processos seletivos realizados. O pró-reitor de graduação Eli Brandão afirma que, por ano, o déficit foi de R$ 800 mil, entre custos de gráfica para a preparação das provas e transporte, como diárias de motoristas e combustível para aplicação das  provas.

     

    “O vestibular, ao longo desses últimos cinco anos, estava deficitário. Praticamente, a UEPB pagava para fazer o vestibular. Havia um grande número de inscritos, mas uma grande quantidade de isenção de taxa. Aderindo ao Sisu, não apenas estamos em sintonia com as demais universidades do país, como também estamos avaliando o ensino médio”, explicou Eli.

     

    Esta avaliação do Ensino Médio se dá pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que é a única forma do estudante de concorrer a vagas no Sisu e no Programa Universidade Para Todos (ProUni), em instituições de nível superior público e privada. De acordo com Eli, até a próxima semana será encaminhada ao Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), a regulamentação do edital 2015, no qual será discriminado o número de vagas serão ofertadas nos cursos, por turno, bem como a nota mínima para aprovação em cada área.

     

    Recursos Federais

     

    Com adesão da UEPB de 100% das vagas, será ampliado o valor de recursos federais para a instituição em 2015. A expectativa da instituição é de que seja beneficiada com R$ 1,7 milhões, que serão revertidos para assistência estudantil.

     

    “No momento, a universidade passa por uma fragilidade orçamentária significativa e com  o recebimento desses recursos, iremos potencializar a assistência estudantil, com a manutenção de bolsas moradias, de transporte, restaurante universitário e auxílio para aulas de campo”, explicou Eli.

     

    Aproximadamente dois mil estudantes são beneficiados com algum desses projetos de assistência desenvolvidos pela UEPB. Os valores fornecidos pelos bolsa moradia é de R$ 450 e R$ 225 para o bolsa transporte.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here