Hospitais de Trauma de JP e CG registram 1,8 mil atendimentos neste Carnaval

    0

    O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, realizou 893 atendimentos durante o período de carnaval. O balanço tem como base as entradas realizadas a partir da meia noite da sexta-feira (13) até o meio dia desta quarta-feira (18). Em Campina Grande, o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes atendeu 905 pessoas, desde a zero hora do sábado (14) até as primeiras horas desta quarta-feira (18).

    De acordo com o balanço, na unidade de João Pessoa, os casos envolvendo quedas lideraram as entradas nos plantões durante o período, com 139 pacientes atendidos. Na unidade de Campina Grande, foram realizadas 63 cirurgias e 143 internações neste período, sendo que os casos envolvendo acidentes de moto lideraram as entradas nos plantões.

    De acordo com o setor de estatística do Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, dos 893 atendimentos, 89 foram vítimas de acidentes de moto, agressão física com 22 atendimentos, acidente de automóvel (17), vítimas de arma de fogo (20), atropelamento (23), arma branca (10), queimaduras (18), trauma (38), acidente de bicicleta (4) e afogamento (2). Os demais atendimentos foram de casos clínicos.

    No carnaval de 2014, o Hospital realizou cerca de 600 atendimentos, contudo o balanço tem como base as entradas realizadas a partir das 18h da sexta-feira (28) até as primeiras horas da quarta-feira de cinzas (5).

    Durante o Folia de Rua e o Carnaval Tradição, o Hospital de Trauma da Capital disponibilizou reforço de toda a equipe assistencial, com médicos, equipe de enfermagem e suporte, incluindo UTIs móveis. “Fizemos um esforço para prestar o melhor e mais eficiente atendimento à população, por isso elevamos o número de profissionais para trabalhar nessa data festiva”, disse o diretor da unidade, Edvan Benevides.

    Trauma CG – Em Campina Grande, 175 pacientes foram atendidos devido a acidentes com motocicleta, 13 vítimas de tiro, 11 de facada, 12 vitimas de acidente de carro e 24 por espancamento. Os demais atendimentos foram de casos clínicos.

    Em 2014, o Trauma-CG atendeu no mesmo período 991 pessoas entre urgências e emergências. Desse total, 171 pacientes foram atendidos devido a acidente de moto, 06 de acidente de carro, 08 de facada, 11 de tiro, 18 por espancamento. O restante dos atendimentos foram casos clínicos.

    Para garantir a eficiência no atendimento e a assistência a todos, a unidade de saúde conta com 338 médicos, sendo 60 de plantão 24 horas em todas as especialidades de urgência. O hospital dispõe de internação clínica e cirúrgica em seis blocos de enfermaria, com 302 leitos.

    O Trauma de Campina Grande é referência em traumatologia para 203 municípios da Paraíba, além de algumas cidades do Rio Grande do Norte e Pernambuco, a unidade chega a atender 300 pacientes, diariamente.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here