Vídeo: Governadores querem amplo entendimento nacional e rechaçam golpe

    0

    Os governadores do Nordeste apresentaram, na tarde desta quarta-feira (25), no Palácio do Planalto, uma carta a presidente Dilma Rousseff em que fazem um apelo para que as forças políticas, econômicas e sociais trabalhem um amplo entendimento nacional e a preservação do estado democrático de direito.

    No documento, eles rechaçaram qualquer ação de natureza golpista que desrespeite preceitos legais e provoque um clima de instabilidade no país. “Um quadro de conflagrações radicalizadas não trará nenhum benefício ao Brasil. A hora exige espíritos desarmados e elevado senso quanto aos deveres patrióticos das lideranças para o bem da Nação”, diz a carta.

    Durante três horas de audiência, os governadores defenderam a retomada do crescimento econômico, a defesa dos investimentos públicos e privados, preservação das políticas de combate às desigualdades sociais e regionais e a realização de uma ampla reforma política, que observe as garantias do Estado Democrático de Direito conquistados pela nação brasileira.

    Em entrevista coletiva, o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, disse que a questão política foi muito clara de compromisso com o estado democrático de direito e com a democracia em que quem venceu uma eleição de forma limpa deve governar. “As regras não devem ser mudadas diante de percalços e nós governadores nos colocamos como agentes da construção de um amplo entendimento nacional. O Brasil precisa construir diálogos, pontes entre o Executivo, o Legislativo e a Sociedade. Não podemos acirrar as diferenças neste momento”, reforçou.

    O ministro da Casa Civil, Aluísio Mercadante, destacou a importância da racionalidade política que o país precisa para enfrentar os seus desafios e avançar e do entendimento dos governadores da necessidade do ajuste fiscal para ultrapassar esse momento.

    Sobre os ajustes promovidos pelo governo Federal, os governadores compreendem a necessidade de medidas de ajuste fiscal, de caráter transitório e emergencial. “Mas entendemos que este é o momento de também apresentar rumos claros para as políticas públicas no Brasil, com atenção especial para o desenvolvimento do Nordeste”, destacou o governador Ricardo Coutinho.

    Combate à corrupção

    O governador Ricardo Coutinho destacou a necessidade de investigações dentro do estado de direito e o combate incessante à corrupção, com a punição de todos os culpados em quaisquer casos de corrupção.

    “Por outro lado, o Brasil não pode ser o país da agenda negativa e única. É preciso convergir esforços para superar os problemas e construir soluções que coloquem o país num cenário de crescimento, competitividade, aumento e distribuição de riquezas. O Brasil precisa de uma nova agenda política e econômica que o coloque em um novo ciclo de crescimento, superando os focos de crise em nome do desenvolvimento de todos os brasileiros”, ressaltou.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here