Na Capital: RC participa de abertura do IV Simpósio Internacional da Rede de Cardiologia Pediátrica

    0

    O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde, deu início, nesta sexta-feira (16), ao IV Simpósio Internacional da Rede de Cardiologia Pediátrica. O objetivo é avaliar a Rede de Cardiologia Pediátrica da Paraíba, fruto de uma parceria entre o Governo do Estado e a Organização Não Governamental Círculo do Coração.

    Com mais de 100 mil atendimentos realizados em toda a Paraíba, o projeto é uma das prioridades da gestão do Governador Ricardo Coutinho, tendo em vista que ao longo de quatro anos, foram diagnosticadas aproximadamente duas mil crianças com doenças cardíacas, destas, 438 foram submetidas à cirurgia, e as demais a tratamento clínico.

    A abertura solene aconteceu no auditório do Fórum Cível Desembargador Mário Moacyr Porto, em João Pessoa, e contou com a presença do Governador, que recebeu uma homenagem de agradecimento das crianças que passaram pelo tratamento nesse projeto que está salvando vidas no Estado. O Simpósio se estende até amanhã (17), onde será realizado o planejamento das metas para a consolidação da Rede de Cardiologia Pediátrica da Paraíba.
    Parceria Governo Paraíba e Círculo do Coração

    Em 2013, o projeto deu um passo importante e ampliou o atendimento, com a criação da Caravana do Coração, com uma equipe de profissionais da área da Saúde percorrendo várias cidades do interior da Paraíba, levando atendimento, arte e cultura, além da capacitação dos profissionais de saúde.

    A parceria entre o Governo do Estado e a Associação Círculo do Coração foi assinada em outubro de 2011. Na Paraíba, 12 maternidades e o Complexo de Pediatria Arlinda Marques fazem parte do projeto. A rede de maternidades estruturada para realizar o diagnóstico da cardiopatia tem três serviços de referência: Cândida Vargas, em João Pessoa, o Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea), em Campina Grande, e Peregrino de Carvalho, em Patos.

    O Círculo do Coração de Pernambuco é uma organização sem fins lucrativos, iniciada em julho de 1994 pelos integrantes da Unidade de Cardiologia e Medicina Fetal (UCMF) do Real Hospital Português (RHP). Seu principal objetivo é viabilizar o tratamento de crianças carentes, portadoras de doenças cardíacas.

    Para atingir seu objetivo, a ONG desenvolve três linhas de ação médico-social e educativa:
    – Atendimento Médico com diagnóstico e tratamento das doenças cardíacas em fetos e crianças carentes;
    – Programa de Educação para a Saúde com campanhas de cardiologia preventiva para a população em geral;
    – Programa de Formação Continuada para especialização de profissionais de saúde.

    Com informações de Thais Vital

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here