Glédson avalia como injusta a derrota da Raposa para o Santa, no Arruda

0

Um dos principais personagens da partida dessa quarta-feira, o goleiro Glédson, do Campinense, avaliou como injusta a derrota da sua equipe para o Santa Cruz, por 2 a 1, na primeira partida da decisão da Copa do Nordeste. O goleiro raposeiro, que falhou na saída de gol no escanteio que originou o primeiro gol dos pernambucanos, disse que a Raposa merecia melhor sorte pela boa partida que fez, principalmente na segunda etapa.

– Resultado injusto porque a gente dominou o segundo tempo quase todo. Eu fiz apenas duas defesas. Infelizmente aconteceu esse segundo gol deles ali no final do jogo, mas, pela boa partida que fizemos, o resultado não foi justo. Agora é trabalhar e ter a certeza que no domingo nós vamos contar com a casa cheia para tentar conquistar esse título – disse o camisa 1 do Campinense.

De fato, o Campinense não se intimidou com o bom público que o Arruda recebeu para a partida, nem com a atuação do Santa Cruz em campo, e jogou de igual para igual. Teve mais volume de jogo na primeira etapa, mas, mesmo assim, foi para o intervalo perdendo por 1 a 0 depois que Grafite desviou de cabeça uma bola cruzada de escanteio e, se aproveitando de falha de Glédson na saída de bola, mandou para as redes.

A Raposa não se abateu e, no segundo tempo, empatou com o zagueiro Tiago Sala, que marcou também de cabeça, também após jogada de escanteio. O defensor rubro-negro, aliás, já havia marcado antes, mas o gol foi anulado por impedimento. No fim, já aos 47 minutos do segundo tempo, no último lance do jogo, o Campinense viu Bruno Moraes desempatar e fazer com que o Tricolor pernambucano tenha a vantagem no jogo da volta.

Pelo regulamento da Copa do Nordeste, para assegurar o bicampeonato, a Raposa precisa vencer por 1 a 0 no próximo domingo, no Estádio Amigão, para ser campeão. Para o Santa, que leva a vantagem a Campina Grande, um empate por qualquer placar já garante a conquista do título inédito. E, se o Tricolor marcar dois gols, então a taça só lhe escapa caso o Campinense vença por dois gols de diferença. Se os donos da casa devolverem o 2 a 1, então o campeão será conhecido após a disputa por pênaltis. O confronto que vai definir quem fica com o título da principal competição regional deste primeiro semestre está marcado para as 16h.

As informações são do site Globo Esporte PB.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here