Gervásio sobre aliança do PMDB com PSDB: “é querer que água e óleo se misturem”

0

O deputado estadual Gervásio Maia Filho (PMDB) mostrou que entende de química. Em entrevista ao Paraíba Já, o parlamentar definiu como uma mistura heterogênea a possibilidade de divisão no palanque do PMDB e PSDB, mais especificamente entre os senadores José Maranhão e Cássio Cunha Lima. A reflexão se deu pela indignação de Gervásio diante das tentativas do deputado federal, presidente do Diretório do PMDB de João Pessoa e também pré-candidato nas eleições deste ano, Manoel Júnior, em ter em seu arco de aliança o ninho tucano.

“Eu acho que seria querer que água e óleo se misturem. Você acha que seria possível Veneziano estar no palanque de situação? Não. E vice-versa. Não cabe. É mais por aí, não tem como esses grupos estarem juntos. Cada município tem uma história diferente. Você analisa Campina como Campina, Patos como Patos, João Pessoa como João Pessoa. Eu acho que cada partido vive uma realidade em cada município. Tem alguns municípios em que o PMDB terá candidaturas próprias, em outras, terá alianças com demais partidos. Você vê muito isso. Sou fiel aos meus princípios. E eu não vou tomar nenhuma atitude que gere qualquer posicionamento por piedade. Ou eu estou de um lado, ou eu estou de outro. O meu lado é o lado adotado pelo meu partido em 2014. Eu concordei com essa decisão e estou nela”, afirmou o deputado. 

Apesar de bem relacionado com o governador Ricardo Coutinho (PSB), o deputado se põe reticente quanto a possibilidade de abandonar o PMDB.

“O tempo vai mostrar, não adianta eu fazer qualquer tipo de colocação precipitada. Eu prefiro aguardar o futuro, não pensei nisso. 2018 ainda está tão longe”, afirmou.

Questionado sobre a possibilidade de ocupar a cadeira de vice numa possível chapa com João Azevêdo, o deputado negou.

“Isso não existe. Eu tô na legenda do PMDB, e o PMDB hoje foi entregue nas mãos de Manoel Júnior. Quem fala pelo PMDB de João Pessoa hoje é ele. Mas ali houve uma quebra de acordo comigo. Também não tenho pretensão de candidatura, o meu projeto é outro”, esclareceu o peemedebista, que está na linha de sucessão da presidência da Assembleia Legislativa da Paraíba.

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here