Futebol: mau início de temporada leva mais um clube paraibano a demitir treinador

0

Mais um técnico não resistiu aos maus resultados das primeiras rodadas do Campeonato Paraibano 2017. Após o Sousa anunciar a saída de Tazinho, foi a vez do Auto Esporte confirmar o desligamento de Gérson Júnior. Ele se reuniu nesta segunda-feira (16) com o presidente do clube, Watteau Rodrigues, e os dois acabaram tomando a decisão em comum acordo.

O time automobilista ainda não venceu no Campeonato Paraibano e ocupa a lanterna da tabela. O novo comandante automobilista ainda não foi anunciado.

Gerson Júnior entrou no campeonato otimista. Principalmente porque, na pré-temporada, a equipe manteve 100% de aproveitamento nos amistosos. Mas, nos jogos oficiais, o desempenho caiu bruscamente. O Auto foi derrotado na estreia para o CSP, na segunda rodada pelo Serrano e nesta terceira rodada apenas empatou diante do Paraíba.

Apesar de sua saída, Gérson diz ter gostado da experiência. Mas criticou a busca incessante do futebol por resultados imediatos.

“Avalio a passagem de forma positiva, apesar dos poucos pontos somados. O trabalho foi feito, a estrutura foi dada pela diretoria, mas não conseguimos as vitórias. O futebol é assim. Quem vive de futebol sabe que o futebol é resultado. Quando o resultado não vem, a gente tem que se afastar para dar a oportunidade para outras pessoas tentarem”, disse o ex-técnico do Auto Esporte.

Gérson Júnior foi gerente de futebol do CSP até 2016 e se desligou da função para se tornar treinador. E o primeiro desafio foi justamente no Auto Esporte. Ele chegou em outubro para participar do planejamento da equipe para a temporada 2017. Em sua primeira empreitada na função, o resultado não foi satisfatório. As informações são do Globoesporte.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here