Fulgêncio diz que desconhece denúncias de caos no serviço de saúde pública da Capital

    2

    Serão investigadas nos próximos dias, pela Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados, denúncias de falta de medicamentos, equipamentos e profissionais nos hospitais municipais, PSF’s e UPA’s de João Pessoa. As investigações foram garantidas pelo presidente da Comissão, Antônio Brito (PTB-BA), ao deputado federal paraibano, Wilson Filho (PTB), o qual levou as denúncias feitas pelos vereadores da bancada de oposição na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) Raoni Mendes (PDT), Renato Martins (PSB) e Lucas de Brito (DEM).

    O secretário de Articulação Política de João Pessoa Adalberto Fulgêncio disse que desconhece qualquer notícia sobre denúncias da saúde municipal. “Todavia estamos à disposição dos órgãos de controle, como sempre”, completou.

    Segundo Fulgêncio, a UPA do bairro do Valentina foi inaugurada em agosto do ano passado e atende mensalmente oito mil pessoas. Ele destacou também os serviços prestados pela Prefeitura de João Pessoa. “Além dos oito mil atendimentos, são 600 cuidadores de saúde, em parceria com Ministério da Saúde, e OPAS para tratar de acamados. Esses cuidadores são da própria comunidade. Experiência inédita no Brasil, monitorada pela OPAS. Vinculada à Organização Mundial de Saúde”, disse.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here