Filho do governador de SP morre em queda de helicóptero

    0

    Thomaz Alckmin, 31 anos, filho caçula do governador Geraldo Alckmin, morreu na noite desta quinta-feira, dois de abril após o helicóptero em que estava sofrer ma queda em Carapicuíba, por volta das 17h30. Segundo o corpo de bombeiros, cinco pessoas estavam na aeronave, e todas morreram. Ninguém em solo foi atingido.

    O helicóptero caiu sobre uma casa no bairro da Fazendinha, considerado “nobre” no município, e a aeronave estava em nome da empresa Seripatri Paticipações, de propriedade do empresário José Serpieri Júnior, também dono da administradora de planos de saúde Qualicorp.

    Geraldo Alckmin estava em Catanduva no interior de São Paulo, quando soube da notícia, e foi o responsável por fazer o reconhecimento do corpo no IML. Lu Alckmin estava em Campos do Jordão.

    A empresa soltou uma nota de pesar, informou que Thomaz seria o co-piloto no voo e não informou as identidades dos demais passageiros, limitando-se a dizer que o piloto teria “mais de 30 anos de experiência”.

    O filho do governador estava aprendendo a pilotar e era casado. Deixa duas filhas. uma recém-nascida, com um mês e outra de 10 anos, fruto de um relacionamento anterior com uma funcionária do Palácio dos Bandeirantes. O jornal O Estado de S. Paulo conversou com Fabíola Trombelli, mãe da primeira filha de Thomaz, que hoje vive na Noruega. Ela relatou ao jornal que soube da morte pelo próprio governador, e que “o dr. Geraldo só chorou”.

    O governador de São Paulo e sua mulher, Lu Alckmin tem ainda outros ois filhos, Geraldo e Sofia.

    O PSDB soltou uma nota de pesar, mas o palácio dos Bandeirantes ainda não se manifestou até as 22h30.

    Da Carta Capital

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here