Fain aprova incentivos para indústrias que devem gerar 330 empregos diretos na Paraíba

    0

    O Conselho Deliberativo do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Industrial da Paraíba (Fain) aprovou, em reunião realizada nesta quarta-feira (13), a concessão de incentivos fiscais para implantação ou ampliação de oito indústrias no Estado. Os projetos somam investimentos na ordem de R$ 65,7 milhões e devem gerar 330 empregos diretos nos municípios de João Pessoa, Campina Grande, Conde, Cabedelo e Gurinhém.

    As empresas aprovadas pelo Conselho Deliberativo do Fain foram: Assa Abloy Nordeste Sistemas de Segurança Ltda; Rocha Asfalto – Indústria de Asfalto, Locação de Equipamentos e Terraplanagem Ltda; Passo Firme Indústria e Comércio de Eletrodomésticos; Indústria CLM Esquadria de Alumínio Ltda; Super Massa Indústria de Argamassa Ltda; Smartpack Indústria e Comércio Ltda; Verdebrita Beneficiamento e Comércio de Minérios Ltda; e Fibratex Fibra Têxtil S/A.

    Para garantir a concessão do incentivo fiscal, o Conselho Deliberativo avaliou que as empresas apresentaram projetos importantes para o desenvolvimento industrial da Paraíba. Um dos empreendimentos de destaque é a Assa Abloy Nordeste Sistemas de Segurança, que adquiriu a Metalúrgica Silvana, em Campina Grande. A Assa Abloy é líder mundial na fabricação de fechaduras e soluções para segurança e incorporou a empresa paraibana para aumentar a atuação no mercado brasileiro.

    Na reunião também foi aprovado o projeto industrial da empresa Passo Firme, que fabricará no Conde eletrodomésticos da marca Suggar. Com um investimento avaliado em R$ 13,6 milhões, a expectativa da empresa é crescer em 20% as vendas na Região Nordeste. “Para concorrer em um setor tão concorrido como o nosso, o incentivo fiscal é imprescindível. Mas não estamos investindo na Paraíba só por causa disso. A fábrica no Conde vai ser importante para estarmos mais próximos do mercado consumidor nordestino e diminuir os custos de logística”, observou Leandro Xavier Costa, vice-presidente executivo da Suggar.

    Em Campina Grande, a empresa Rocha Asfalto vai investir R$ 22,7 milhões e gerar 132 novos empregos diretos. “O incentivo fiscal vai ser fundamental para aumentar a nossa competitividade no mercado, para o crescimento do nosso parque industrial e geração de novos empregos. Tudo isso vai possibilitar que nós consigamos dobrar a nossa capacidade produtiva”, afirmou Renato Dias, sócio-proprietário da Rocha Asfalto.

    Essa foi a primeira reunião do Conselho Deliberativo do Fain em 2015. Na ocasião, tomaram posse os novos membros: Laplace Guedes, novo presidente do Conselho e secretário de Estado de Turismo e Desenvolvimento Econômico; Tárcio Handel, secretário de Estado de Planejamento, Gestão e Finanças; João Azevedo, secretário de Estado de Infraestrutura, Ciência, Tecnologia e Recursos Hídricos; e Wesley Gonçalves, superintendente do Banco do Nordeste.

    Também participaram da reunião Marialvo Laureano, secretário de Estado da Receita; Tatiana Domiciano, presidente da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba; Renato Lago, diretor da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba; e Reginaldo Galvão Cavalcanti, representante da Federação das Micro e Pequenas Empresas do Estado da Paraíba.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here