Fábrica de cimento em JP está prestes a fechar por relação com a Lava Jato

0

A crise está chegando e nos últimos dias a fábrica de cimento InterCement, antiga Cimpor, que fica localizada na Ilha do Bispo, em João Pessoa, exonerou aproximadamente 80% de seus funcionários, devido a efeitos da Operação Lava Jato, de acordo com fontes ligadas à empresa.

Conforme informações, todo pessoal do setor de produção envolvidos nos fornos da indústria e parte da área administrativa foram demitidos recentemente e o empreendimento está funcionando com apenas moinhos de cimento, cuja matéria-prima obtém do Grupo Brennand. Com pouca produção de calcário de sua propriedade, dizem ainda que a empresa se prepara possivelmente para fechar a fábrica diante da constatação de que a mina da empresa está em condições de permitir a extração deste material num período de no máximo oito anos.

De acordo com as fontes, é possível que seja os efeitos da Operação ‘Lava Jato’, que estão obrigando a Camargo Correa, pois a Intercement faz parte do grupo, a se desfazer de muito dos seus bens e empresas, a exemplo do que acontece em João Pessoa. A empresa é envolvida na operação devido a participação em esquema de fraude promovidos em contratos firmados com a Petrobras.

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here