Exposição em cartaz conta a história de Ditadura Militar na Paraíba

    0

    “Reflexos da Ditadura Militar na Paraíba – 50 anos depois” é a exposição que se encontra em cartaz na Estação das Artes, prédio que faz parte do complexo arquitetônico da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano. A entrada é aberta ao público e os painéis históricos podem ser vistos de terça a sexta-feira, das 9h às 21h, domingos e feriados das 10h às 21h.

    A exposição está localizada próxima ao corredor principal da Estação das Artes Luciano Agra e faz parte da 12° Semana Nacional de Museus promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (IPHAEP), com apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Comissão Estadual da Verdade e Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TER/PB).

    Ao todo são nove painéis que retratam aspectos históricos da ditadura na Paraíba e promovem a discussão sobre a ditadura no Brasil. O objetivo do memorial é contribuir para a formação da consciência política e da cidadania do povo, além de servir como garantia do Estado democrático de direito.

    No local poderá ser visto arte em quadrinhos de “Maria”, personagem do professor e quadrinista Henrique Magalhães que satiriza sobre a ditadura militar, um painel sobre a “Repressão as Ligas Camponesas na Paraíba” e personagem que sofreram e lutaram contra o regime no Estado, a exemplo de Margarida Maria Alves, Pedro e Elizabeth Teixeira e outros.

    Um painel sobre a “Cultura e Resistência” da arte na Paraíba que fala sobre o segundo Festival de Música Popular Paraibana, cinema, literatura e teatro. Pode ser visto ainda um painel sobre “Gênero e ditadura militar” que fala sobre a violência as mulheres no regime em que o governo detém o poder político e é efetivamente controlado por militares.

    Agendamento e Visitas Escolares – A curadora e artista plástica, Lúcia França, informou que as escolas públicas e particulares podem agendar sua visita ao espaço e assim conhecer um pouco mais sobre a história da ditadura militar na Paraíba e ter uma aula de campo diferenciada. “É a arte aliada a educação com o intuito de ampliar o conhecimento dos estudantes”, comentou a artista que também é educadora.

    O agendamento para visita as exposições pelas escolas pode ser feita de terça a sexta-feira das 9h às 12h e das 14h até 17h, com o setor de Gestão Educacional, pelos telefones: 3214.8270 – 3214.8303, comunicar qual espaço irá visitar e especificar o número pessoas e que tipo de grupo (criança, adolescente ou adulto).

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here