Ex-secretária de Saúde denuncia caos no SAMU de CG e responsabiliza gestão do PSDB

    0

    A médica ortopedista Tatiana Medeiros, ex-secretária de Saúde de Campina Grande, utilizou as redes sociais para denunciar a precariedade nos serviços do SAMU na cidade. Tatiana, que é candidata a deputada estadual pelo PMDB, está responsabilizando a gestão do prefeito Romero Rodrigues (PSDB), primo do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), pelo problema de retenção de macas no Hospital de Trauma de Campina.

    Apesar de reconhecer que a retenção de macas em hospitais é um problema que atinge todo o Brasil, a ex-secretária disse em seu perfil no Facebook que a Prefeitura de Campina Grande não pode se omitir de sua responsabilidade, e sugeriu que a imprensa visite a sede do SAMU para comprovar a situação de abandono em que se encontra o órgão na cidade.

    “Esse problema não justifica o atendimento precário que vem desempenhando o SAMU de Campina Grande. Sugiro que a imprensa paraibana visite a sede do SAMU-CG, o mais rápido possível, e verifique quantas ambulâncias estão em funcionamento, já que, afora as motolâncias, Campina dispõe de 10 ambulâncias com equipes formadas e habilitadas pelo Ministério da Saúde para o atendimento pré-hospitalar móvel da nossa cidade”, comentou a ex-secretária.

    A postagem feita por Tatiana Medeiros gerou dezenas de comentários. A internauta Mikaela Agra, por exemplo, contou que o seu avô precisou de atendimento de emergência e, ao ligar para o SAMU de Campina Grande, o médico que a atendeu informou que não haveria necessidade de uma ambulância ir até à residência do paciente. “Se não tivesse levado meu avô para o Hospital de Trauma, como os próprios médicos falaram, ele não teria resistido”, relatou.

    Colaboração Agência de Notícias

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here